Valentim sofre questionamentos no Vasco e Valdir ganha lobby

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Carlos Gregório Júnior / Flickr do Vasco

    Alberto Valentim conversa com Valdir Bigode em treino do Vasco

    Alberto Valentim conversa com Valdir Bigode em treino do Vasco

As quatro derrotas em seus quatro primeiros jogos no comando do Vasco foram suficientes para o trabalho do técnico Alberto Valentim já sofrer seus primeiros questionamentos. Internamente, há uma corrente defendendo que o tempo de adaptação ao elenco poderá custar caro e que o mais seguro a realizar é a efetivação do auxiliar-técnico Valdir Bigode para tentar livrar o clube de um possível novo rebaixamento.

O ex-atacante é querido pelo elenco e está invicto como interino. Valentim, porém, segue respaldado com o presidente do clube, Alexandre Campello, pelo menos até o clássico com o Flamengo neste sábado, em Brasília (DF), que será crucial para as pretensões do Cruzmaltino. 

Uma nova derrota poderá significar o ingresso da equipe na temida zona de descenso.

O departamento de futebol também poderá ter novidades em seu comando. Campello segue avaliando nomes para a vice-presidência do setor e um novo executivo pode ser contratado.

Alheio ao conturbado clima de São Januário, Valentim segue confiante numa recuperação do Vasco na tabela do Campeonato Brasileiro.

"O discurso do jogo contra o América-MG não foi só para aquele jogo. O torcedor vascaíno pode acreditar na nossa reação", disse o treinador após a derrota para o Vitória no último domingo.

Novos protestos?

Após uma segunda-feira de protestos em São Januário e no aeroporto internacional do Rio de Janeiro, o Vasco retoma suas atividades visando o clássico com o Flamengo nesta terça-feira com uma expectativa de que novas cobranças possam acontecer.

Muros do clube foram pichados contra Alexandre Campello e o presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro. À noite, o mandatário vascaíno, ao lado do diretor-executivo de futebol, Alexandre Faria, recebeu líderes de organizadas para uma reunião pacífica.

O Vasco acumula em sua história três rebaixamentos no Campeonato Brasileiro: 2008, 2013 e 2015.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos