Topo

Futebol


Fifa relembra Chape, e Follmann entrega prêmio de melhor goleiro a Courtois

Do UOL, em São Paulo (SP)

2018-09-24T16:09:16

24/09/2018 16h09

A Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados) destinou alguns minutos da cerimônia The Best para homenagear a Chapecoense. Nesta segunda-feira (24), o ex-goleiro Jakson Follmann, um dos sobreviventes do acidente com o time catarinense, entregou ao lado de Van der Sar o troféu de melhor goleiro do mundo ao belga Thibaut Courtois.

Leia mais:

Marcelo e Dani Alves entram em time da temporada; Neymar fica fora
Gol de Salah em clássico na Inglaterra desbanca CR7 e leva Prêmio Puskas
Daniel Alves vai ao The Best com roupa ousada e a web não perdoa
Filho de Marcelo quebra protocolo e sofre até "falta" de Seedorf

Hoje embaixador da Chape, Follmann entrou ao lado do antigo goleiro da seleção da Holanda e fez um breve discurso antes de entregar o troféu ao goleiro do Real Madrid e um dos grandes algozes do Brasil na última Copa do Mundo - Courtois teve atuação destacada na vitória belga por 2 a 1, na Rússia.

"Goleiros são especiais, vão vestidos de um jeito diferente dos companheiros deles. Eles são aquelas figuras solitárias cujo objetivo é proteger o gol", discursou Follmann.

É o segundo ano seguido em que há uma referência à Chapecoense na cerimônia da Fifa. Em janeiro do ano passado, o Atlético Nacional ganhou o prêmio Fair Play de 2016 por toda a solidariedade ao time brasileiro.

Confira a lista de vencedores na premiação The Best:

Melhor jogador (futebol masculino): Modric (Real Madrid/Croácia)
Melhor jogadora (futebol feminino): Marta (Orlando Pride/Brasil)
Premio Puskás (gol mais bonito): Mohamed Salah (Gol pelo Liverpool contra o Everton)
Melhor técnico (futebol masculino): Didier Deschamps (França)
Melhor técnico (futebol feminino): Reynald Pedros (Lyon)
Melhor goleiro: Thibaut Courtois (Real Madrid/Bélgica)
Melhor torcida: Peruanos na Copa do Mundo
Fair Play: Lennart Thy 
Seleção da temporada: David De Gea (Manchester United/Espanha); Dani Alves (PSG/Brasil), Sergio Ramos (Real Madrid/Espanha), Raphael Varane (Real Madrid/França) e Marcelo (Real Madrid/Brasil); Luka Modric (Real Madrid/Croácia), N’Golo Kanté (Chelsea/França) e Eden Hazard (Chelsea/Bélgica); Lionel Messi (Barcelona/Argentina), Kylian Mbappé (PSG/França) e Cristiano Ronaldo (Juventus/Portugal)

Mais Futebol