Topo

Futebol


Vídeo mostra palmeirenses entoando grito homofóbico que cita Bolsonaro

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

2018-10-04T14:16:49

04/10/2018 14h16

Um vídeo que mostra um grupo de torcedores do Palmeiras entoando um grito homofóbico que cita o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) viralizou nas redes sociais. Nas imagens, gravadas na estação Sé do metrô no último domingo (30), após a vitória sobre o Cruzeiro pelo Brasileirão, eles provocam o São Paulo com um canto preconceituoso similar ao usado por aficionados do Atlético-MG no último dia 16.

“Ô, bicharada, toma cuidado, o Bolsonaro vai matar veado”, cantou o grupo de torcedores, relacionando também o termo homofóbico constantemente usado para ofender são-paulinos.

Apesar de filmado no último fim de semana, o vídeo viralizou na última quarta-feira (3), quando o Palmeiras enfrentou o Colo-Colo pelas quartas de final da Copa Libertadores – o time de Luiz Felipe Scolari venceu por 2 a 0 e avançou para a fase semifinal. Pelas redes sociais, muitos torcedores do Palmeiras se manifestaram repudiando o ato.

Torcedores do Atlético-MG entoaram cântico similar, também citando Bolsonaro, no último clássico contra o Cruzeiro no Mineirão. A atitude dos atleticanos fez o clube ser multado em R$ 5 mil pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Consultado pelo UOL Esporte, o órgão afirmou que o Palmeiras não corre o risco de receber a mesma punição, já que o incidente ocorreu fora do estádio.

O Palmeiras foi procurado pela reportagem para comentar o ocorrido, mas ainda não se pronunciou sobre o comportamento destes torcedores.

Palmeiras e São Paulo entram em campo no sábado (6), véspera do primeiro turno da eleição presidencial, a partir das 18h (de Brasília), no Morumbi. Líder do Campeonato Brasileiro, o time alviverde soma 53 pontos, um a mais do que o arquirrival e adversário deste fim de semana.

Mais Futebol