Topo

Futebol


Copa América de 2019 troca Allianz Parque por Arena Corinthians

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Imagem: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Danilo Lavieri e Rodrigo Mattos

Do UOL, em São Paulo

23/11/2018 19h00

A Conmebol anunciou, nesta sexta-feira (23), que a Arena Corinthians é o novo estádio para a Copa América de 2019, que será realizada no Brasil. A casa do time alvinegro substituirá o Allianz Parque, do Palmeiras. O torneio ocorre de 14 de junho a 7 de julho do ano que vem. A mudança foi aprovada durante a reunião do conselho da entidade, em Buenos Aires, na Argentina.

UOL Esporte apurou que a WTorre, que administra o Allianz Parque, decidiu desistir de ter sua arena como sede por não topar ser "envelopada". A Conmebol adota prática semelhante à Fifa e esconde todos os patrocinadores locais para expor apenas os patrocinadores da competição. Os parceiros do estádio, então, não seriam expostos. Por isso, a construtora recuou. Segundo a WTorre, não houve multa pela desistência.

Em partidas da Libertadores, o Allianz Parque também é "envelopado". Neste caso, no entanto, a decisão cabe ao Palmeiras, que é responsável pela operação em dias de jogo.

A Conmebol foi pega de surpresa com a decisão, já que havia um acordo prévio com a construtora para aceitar as condições comerciais. A entidade, inclusive, já tinha tudo pronto para promoção da Copa América com o Allianz Parque em relação a imagens, folders e website, mas agora terá que trocar após a mudança.

Em nota, a Conmebol afirmou que a "troca de estádio foi decidida em comum acordo pelas partes, em função de compromissos comerciais assumidos pela gestão da Arena Palmeiras com parceiros e patrocinadores que não puderam ser conciliados com a organização da Copa América".

A cidade de São Paulo continua tendo dois estádios, já que o Morumbi está confirmado para a competição. A Copa América também será realizada em Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador. O torneio terá 12 seleções - 10 países sul-americanos, entre eles o Brasil, além de Japão e Catar, que foram convidados.

Mais Futebol