São Paulo quer Pablo, mas valor e relação com Atlético dificultam negócio

José Eduardo Martins e Napoleão de Almeida

Do UOL, em São Paulo

  • NELSON ALMEIDA / AFP

    Pablo está na mira do São Paulo, que acha difícil entrar em acordo com o Atlético-PR

    Pablo está na mira do São Paulo, que acha difícil entrar em acordo com o Atlético-PR

O São Paulo colocou em sua lista de desejos para 2019 o nome do atacante Pablo, do Atlético-PR. A informação foi publicada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte. Porém, o clube acha difícil conseguir fechar um acordo para contratar o jogador, que foi um dos principais destaques da conquista do primeiro título do Furacão na Copa Sul-Americana.

Até mesmo pelo bom desempenho apresentado nesta temporada, o jogador se valorizou no mercado da bola. Por isso, o Tricolor paulista acredita que terá de desembolsar um valor muito fora da sua realidade para concretizar a transação. Como publicou o UOL Esporte, o clube do Morumbi pretende gastar R$ 50 milhões em reforços durante os 12 meses de 2019. 

Por outro lado, a expectativa do time paranaense é receber cerca de 10 milhões de euros (R$ 44,2 milhões) por Pablo. Desta maneira, a tendência é de o jogador ser negociado com algum clube do exterior - o nome dele já foi especulado no Japão. Em 2015, ele defendeu o Cerezo Osaka. 

Além da questão financeira, pode pesar contra a negociação a relação desgastada de São Paulo e Atlético-PR. Os dois clubes, que já viviam um clima de rivalidade, viram a situação ficar ainda mais complicada neste ano por causa da saída de Marcos Guilherme. O atacante fora emprestado ao Tricolor paulista pelos paranaenses, mas a falta de entendimento em relação ao tempo de contrato fez com que ele deixasse o Morumbi antes do esperado pelos são-paulinos. 

Além do Tricolor paulista, o Palmeiras já demonstrou interesse pela contratação de Pablo. Porém, negociação não evoluiu até o momento. 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos