Sampaoli não descarta Ganso e pede permanências de Dodô e Ferraz

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cristina Quicler/AFP Photo

    Paulo Henrique Ganso e Sampaoli trabalharam juntos no Sevilla, da Espanha

    Paulo Henrique Ganso e Sampaoli trabalharam juntos no Sevilla, da Espanha

O técnico Jorge Sampaoli assinou contrato com o Santos na última segunda-feira, mas já discute a contratação de reforços e renovações contratuais. Em sua apresentação, o argentino não descartou a contratação de Paulo Henrique Ganso e pediu a permanência dos laterais Dodô e Victor Ferraz.

Questionado se poderia voltar a comandar Ganso em sua apresentação oficial, o técnico argentino "rasgou" elogios ao ex-camisa 10 do Santos. Os dois trabalharam juntos no Sevilla, da Espanha. Sampaoli, inclusive, foi o responsável pela contratação de Ganso no clube espanhol, mas depois chegou a vetar o jogador.

"Trabalhei com Ganso em Sevilla, indiquei sua contratação. Tem qualidade incrível que ainda não pôde consolidar na Europa. Sua saída do Sevilla não foi como sua transcendência merece. Agora joga na França, mas vamos conversar com o presidente sobre as prioridades. Ninguém vai desconhecer a capacidade dele, mas temos que analisar o que temos para ver o que podemos trazer", disse.

O presidente José Carlos Peres também foi questionado sobre Ganso. O mandatário alega que "nunca pode dizer não", mas precisa primeiro saber se o meia se encaixa no estilo de jogo que Jorge Sampaoli pretende implantar no clube.

Sampaoli espera convencer Ferraz e Dodô

Jorge Sampaoli também pediu a permanência dos laterais Victor Ferraz e Dodô. Os dois podem deixar o clube antes da virada do ano. O primeiro interessa ao São Paulo, que ofereceu o atacante Tréllez em troca. No entanto, o UOL Esporte já revelou que os dirigentes santistas recusaram o negócio.

Dodô, por sua vez, pertence a Sampdoria, da Itália, e não acertou sua permanência em definitivo com o Santos. Ele recusou algumas propostas salariais da diretoria santista, que ofereceu agora o maior ordenado do elenco para o atleta.

"Com respeito a Dodo estamos vendo com o presidente a oportunidade de ficar com o jogador. Para mim é muito importante que fique. Ferraz é capitão e vamos tentar convencê-lo a permanecer", concluiu.

Sampaoli foi apresentado nesta terça-feira, no Museu do Futebol, no Pacaembu, em São Paulo. O argentino assinou contrato por duas temporadas com o clube paulista e deve receber R$ 1 milhão mensais, em um "pacote" que inclui a sua comissão técnica.

UOL Cursos Online

Todos os cursos