Topo

Futebol


Belga "se oferece" a ex-time e aumenta polêmica sobre suspensão na Inter

Jogador de 30 anos foi comprado da Roma por mais de R$ 100 milhões em junho - Marco Bertorello
Jogador de 30 anos foi comprado da Roma por mais de R$ 100 milhões em junho Imagem: Marco Bertorello

Do UOL, em São Paulo

26/12/2018 11h35

A suspensão do meio-campista Radja Nainggolan anunciada pela Inter de Milão há três dias segue dando polêmica no futebol italiano. Nesta quarta-feira, diversos veículos de imprensa do país tiveram acesso a áudios em que o jogador belga "se oferece" para voltar à Roma, clube que defendeu por cinco temporadas antes de ser comprado pela Inter por 24 milhões de euros (R$ 106 milhões, aproximadamente), além do repasse de mais dois jogadores (Davide Santon e Nicolo Zaniolo). Ainda não se sabe se os arquivos foram gravados antes da suspensão, e assim teriam ajudado a causá-la, ou posteriormente, como forma de reabrir as portas do antigo clube.

"Mamma mia, está difícil aqui. Quero voltar. Sou amigo do Totti, talvez ele dê um empurrão. Mas eu teria que me mexer aqui para poder sair, entendeu?", diz a voz atribuída a Nainggolan a um interlocutor desconhecido. 

O primeiro motivo mencionado para a suspensão do belga foi o atraso recorrente aos treinamentos. Oficialmente, o clube fala apenas em "problemas disciplinares". O tempo do afastamento é indeterminado, mas ele fica fora do jogo desta quarta-feira, contra o Napoli, pela 18ª rodada do Campeonato Italiano, e também deve ser ausência do último jogo do ano, no dia 29, contra o Empoli. A Inter está na terceira colocação, com 33 pontos, e tenta se aproximar justamente do Napoli, que é segundo, com 41. A líder Juventus soma 49 pontos.

Não é a primeira polêmica de Nainggolan. Semifinalista da Liga dos Campeões da Europa na última temporada, o jogador se revoltou ao não ser convocado para a seleção belga na Copa do Mundo, deu declarações fortes sobre o técnico Roberto Martínez e anunciou sua aposentadoria da seleção. 

 O contrato do meio-campista belga com a Inter de Milão é válido até 30 de junho de 2022.

Mais Futebol