Topo

Futebol


Vasco aposta em divisão de direitos e "vitrine" por promessa do Paraná

Assessoria de imprensa PRC
Paraná ainda aguarda propostas oficiais por Jhonny Lucas da Europa Imagem: Assessoria de imprensa PRC

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-01-10T04:00:00

10/01/2019 04h00

No aguardo do prazo dado pelo estafe de Jhonny Lucas para os clubes europeus, o Vasco elaborou um projeto que caiu nas graças do volante de 18 anos e também pode agradar ao Paraná, que ainda não recebeu propostas oficiais. Sem recursos para comprar 100% dos direitos econômicos do jovem, o Cruzmaltino aposta numa aquisição de parte deles e a "vitrine" da camisa e da disputa da Série A do Campeonato Brasileiro.

A demora na chegada de ofertas da Europa fez com que seus representantes estipulassem esta sexta-feira (11) como o prazo limite para um negócio com o exterior. Caso isto não aconteça, o caminho natural de Jhonny Lucas será o Vasco.

A ideia do Cruzmaltino é adquirir 60% dos direitos econômicos do volante, algo noticiado pelo Globoesporte.com e confirmado pelo UOL Esporte.

Com a crise financeira batendo na porta, já que os salários estão atrasados em três meses, o Paraná vê aumentar a necessidade por verba.

Quem costura a negociação representando os cariocas é o diretor-executivo de futebol Alexandre Faria, que já se reuniu algumas vezes com os dirigentes do Paraná.

Um grupo europeu tem oferecido Jhonny Lucas no Velho Continente. Por lá, receberam sondagens da Juventus (ITA), do Fenerbahçe (TUR) e de clubes de Portugal e da Rússia, mas nenhum deles apresentou proposta oficial até o momento.

Jhonny Lucas tem passagens pela seleção brasileira sub-20, mas algo que frustrou quem está envolvido na missão de negociá-lo para a Europa foi o fato de ele ter ficado fora da convocação para o Sul-Americano da categoria.

Mais Futebol