Topo

Futebol


Grupo repete oferta e projeta até R$ 2,6 bi por direitos do BR no exterior

Carlos Cecconello/Folhapress
Secretário-geral da CBF, Walter Feldman foi o interlocutor da CBF na negociação Imagem: Carlos Cecconello/Folhapress

Napoleão de Almeida e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo

2019-01-17T04:00:00

17/01/2019 04h00

Após a BR Foot não pagar os R$ 100 milhões da primeira parcela acertada com os clubes pelos direitos de transmissão do Brasileiro no exterior, o fundo de investidores Prudent Group propôs novamente a compra do pacote internacional de dez anos por 200 milhões de dólares (R$ 746 milhões, em valor fixo garantido), mais 50% do valor a ser arrecadado com a comercialização de placas em uma projeção que pode somar R$ 2,6 bilhões (a ser dividido igualmente entre os times), de acordo com a apresentação feita nos últimos dias.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Mais Futebol