Topo

Futebol


PSG tenta Willian para lugar de Neymar, e estafe do meia já espera em Paris

Adrian Dennis/AFP
Willian em ação pelo Chelsea Imagem: Adrian Dennis/AFP

Marcus Alves e Thiago Fernandes

Colaboração para o UOL, em Lisboa (POR)

31/01/2019 08h30

Para substituir Neymar, que ficará afastado por dez semanas após lesão e será desfalque no confronto com o Manchester United pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, o PSG resolveu agir rápido no mercado e tentar na última hora a contratação do meia-atacante Willian, do Chelsea, nesta quinta-feira, 31, no fechamento da janela de transferências europeia. A informação foi revelada pela "Sky Sports" e confirmada pelo UOL Esporte.

Conforme apurado pela reportagem, o estafe de Willian se encontra desde a última noite em Paris no aguardo de um acordo entre os clubes para avançar com as conversas e selar a ida do brasileiro para o Parque dos Príncipes.

Leia também

A princípio, os seus representantes avaliam que uma oferta ao redor de 40 milhões de euros (R$ 163 milhões) faria com que o Chelsea mudasse a sua postura até aqui resistente e aceitasse a saída do jogador de 30 anos, cujo contrato se encerra em uma temporada e meia. Seria uma forma de aliviar, assim, um eventual prejuízo futuro em seus cofres. 

Mesmo com a proposta e a presença dos agentes em Paris, o estafe de Willian considera remota a possibilidade de transferência. Isto porque a janela de negociações se encerra nesta quinta-feira e não haveria tempo hábil para concluir o negócio.

Willian entrou em campo na última noite, saindo do banco de reservas na surpreendente goleada de 4 a 0 sofrida pelos londrinos contra o Bournemouth, fora de casa, pelo Campeonato Inglês

Ao longo das últimas semanas, ele teve propostas rejeitadas do Barcelona e também do futebol chinês.

Ex-Corinthians, Willian está no Chelsea desde agosto de 2013, quando foi contratado ao Anzhi Makhachkala, da Rússia, por 37 milhões de euros (R$ 118 milhões, de acordo com a cotação da época). Em Stamford Bridge, ele faturou quatro títulos, incluindo o Campeonato Inglês em 2015 e 2017.
 

Mauro Cezar diz que Neymar vive em uma bolha

UOL Esporte

Mais Futebol