Topo

Entenda promessa que Mancini fez a grupo de técnicos em chegada ao SPFC

Coordenador técnico do São Paulo jurou que não assumiria nenhum time em 2019 - Marcello Zambrana/AGIF
Coordenador técnico do São Paulo jurou que não assumiria nenhum time em 2019 Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

15/02/2019 04h00

Ao assumir o São Paulo como interino, entre o afastamento de André Jardine e a chegada de Cuca, em abril, Vagner Mancini se viu exposto. Afinal, havia prometido não assumir o Tricolor em nenhuma hipótese enquanto ocupasse o cargo de coordenador técnico. Mas o "juramento" feito por Mancini era um pouco diferente, principalmente o que foi feito a outros colegas de profissão.

VEJA TAMBÉM

Mancini prometeu não substituir Jardine. Na prática, ele segue sem ter feito isso, embora as palavras usadas em sua apresentação no São Paulo possam ter gerado justos questionamentos desde ontem.

Ele aceitou ser interino durante o Campeonato Paulista somente após pedido de Cuca e longas conversas com a diretoria. Também quis dialogar com Jardine para esclarecer a situação.

Em um grupo de treinadores próximos, Mancini foi mais específico ao fazer a promessa. Disse que, enquanto estivesse no São Paulo ou ao longo deste ano, não se colocaria no mercado para substituir nenhum técnico demitido. Segundo ele, seria um contraponto justo a quem decidiu paralisar a carreira de treinador para se aventurar como coordenador.