Topo

Santos

Rodrygo volta ao palco do 1º gol para mostrar lado decisivo contra Red Bull

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-03-26T04:00:00

26/03/2019 04h00

O atacante Rodrygo terá uma noite especial hoje, quando o Santos enfrenta o Red Bull Brasil, às 20h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela partida de volta das quartas de final do Campeonato Paulista. Foi no mesmo estádio que o jovem atacante anotou seu primeiro gol como profissional.

A partida ocorreu em janeiro do ano passado, contra os donos da casa: a Ponte Preta. Rodrygo entrou na segunda etapa na vaga de Arthur Gomes e, aos 46 minutos, fez o gol da virada do Peixe sobre a equipe do interior.

"Vai ser especial voltar ao Moisés Lucarelli, estádio onde fiz meu primeiro gol como profissional. Lembro como se fosse hoje daquele momento e, com certeza, serve de inspiração para poder fazer um grande jogo em busca da nossa classificação. Temos uma boa vantagem, mas não podemos ficar pensando nela. O Red Bull já mostrou sua qualidade durante toda a competição, então não podemos vacilar", disse o atleta.

Na época, Rodrygo era apenas uma promessa recém-promovida das categorias de base do Santos. Reserva, ele demorou ainda mais sete jogos para assumir a condição de titular da equipe comandada por Jair Ventura, na época.

Hoje o atacante do Santos entra em campo com mais responsabilidades. Já vendido ao todo poderoso Real Madrid (ESP), Rodrygo é titular do Peixe e tem a missão de substituir o paraguaio Derlis González, que está com a seleção de seu país, como principal arma ofensiva do time.

O camisa 11 santista ainda busca afirmação como realidade no Santos. Rodrygo perdeu o início do trabalho de Jorge Sampaoli servindo à seleção sub-20 no Campeonato Sul-Americano da categoria e foi titular em apenas quatro jogos nesta temporada.

O atleta que completou 18 anos recentemente ainda oscila entre atuações que justificam os 45 milhões de euros, cerca de R$ 193 milhões, pagos pelo Real Madrid e jogos abaixo da média.

Na partida do último sábado, a vitória por 2 a 0 sobre o Red Bull Brasil, o atacante foi um dos melhores em campo e tentará repetir o desempenho para ajudar na caminhada rumo ao único titular que poderá conquistar com a camisa do Peixe, já que deixa o Santos rumo à Espanha no meio do ano.

O técnico Jorge Sampaoli deve repetir o time que enfrentou o RB na última rodada, mantendo Eduardo Sasha no comando de ataque. Após começar o ano sem sequer ser inscrito no Paulista, Sasha ganhou elogios do comandante no último sábado, que reconheceu que errou ao não dar mais oportunidade ao camisa 27.

FICHA TÉCNICA
Red Bull Brasil x Santos

Data: 26 de março de 2019 (terça-feira)
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques

RED BULL BRASIL: Júlio César, Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Jobson, Uillian Correia e Ytalo; Osman, Claudinho e Roberson (Léo Castro). Técnico: Antônio Carlos Zago

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Jean Mota, Rodrygo e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli