Topo

Futebol


Com Leonardo à frente, Milan abre conversas para contratar David Neres

Cees van Hoogdalem/Soccrates/Getty Images
Neres foi um dos destaques da vitória do Brasil sobre a República Tcheca na terça-feira Imagem: Cees van Hoogdalem/Soccrates/Getty Images

Marcus Alves

Colaboração para o UOL, de São Paulo

2019-03-27T04:00:00

27/03/2019 04h00

Com os seus representantes no Porto para acompanhar o amistoso da seleção brasileira com o Panamá na última semana, David Neres viu uma comitiva formada por eles se deslocar até Milão para tratar do seu futuro. Na pauta, uma reunião com o Milan a respeito de uma possível transferência. Em alta no Ajax após ajudar a derrubar o Real Madrid na Liga dos Campeões com goleada de 4 a 1, o meia-atacante de 22 anos não deve seguir em Amsterdã ao fim da temporada.

Com o ex-jogador Leonardo na linha de frente das conversas, a equipe italiana mantém contatos sobre Neres desde dezembro e prepara uma ofensiva para assegurar a sua chegada. O tetracampeão mundial atualmente desempenha função de diretor esportivo no Milan.

Conforme apurado pelo UOL Esporte, o ex-são-paulino é tratado como uma das prioridades do Milan em caso de retorno para a Liga dos Campeões. No momento, os italianos se encontram em quarto lugar na Série A, com 51 pontos, quatro à frente da Roma, 47, e estariam hoje confirmados na principal competição europeia.

Existe um acordo verbal entre o Ajax e o estafe de Neres para liberação do jovem jogador na próxima janela de transferências.

Ele foi selado após negativa de uma oferta de mais de 43 milhões de euros (R$ 179 milhões) do Guangzhou Evergrande, da China, em janeiro, que abrangia ainda um salário mensal ao redor de 1 milhão de euros (R$ 4,2 milhões).

O Milan descarta oferecer o mesmo vencimento, mas está disposto a compensar com uma cifra global que superaria os 50 milhões de euros (R$ 210 milhões), incluindo luvas, para fazer dele um dos principais nomes do elenco do técnico Gennaro Gattuso em San Siro.

Seria um salto na carreira de Neres, que, a despeito de seu destaque recente, passou parte da atual campanha em crise com o técnico holandês Erik ten Hag e amargou o banco de reservas em mais de uma ocasião. O negócio representaria ainda uma mudança brusca de lado para seus agentes, que possuem influência na rival Inter de Milão.

É claro que o Milan não está sozinho na parada e conta com a concorrência de Roma, Borussia Dortmund e outros clubes.

Uma das principais autoridades quando o assunto é mercado, o holandês Piet de Visser previu em entrevista recente ao jornal De Teelegraf que Neres deverá ser um dos atletas mais assediados ao final da temporada.

"Ele receberá muitas ofertas", afirmou de Visser, que tem forte entrada na Premier League e trabalha mais diretamente com o Chelsea, como braço-direito do russo Roman Abramovich, dono da equipe.

No radar da seleção após ser chamado para o lugar de Vinícius Jr., cortado, Neres deixará, ao menos por enquanto, qualquer possibilidade de ida para a China em "modo espera" para se concentrar no futebol europeu. O Milan conta com isso para seduzi-lo e levar a melhor nas conversas.

Estreia na seleção

Na última terça, Neres fez sua estreia pela seleção brasileira, entrando no segundo tempo na vitória de virada por 3 a 1 sobre a República Tcheca, em partida amistosa em Praga. Mesmo em pouco tempo o jogador do Ajax conseguiu mostrar seu cartão de visitas, com participação nos dois gols de Gabriel Jesus - em um deles, com uma assistência.

Mais Futebol