Topo

Esporte


Guardiola diz: "Não vim ao City para ganhar a Liga dos Campeões"

John Sibley/Reuters
Imagem: John Sibley/Reuters

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-04-16T12:25:52

16/04/2019 12h25

As cobranças sobre Josep Guardiola, técnico do Manchester City, ganharam um novo sentido hoje (16), véspera do duelo contra o Tottenham, pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Diante da pressão para alcançar o topo do continente com o milionário projeto do clube, o espanhol tirou todo o peso do elenco em relação ao torneio, o principal do calendário do futebol europeu;

"Sei que as pessoas dizem que vim aqui para ganhar a Liga dos Campeões. Honestamente, eu não vim aqui para ganhar a Liga dos Campeões. Vim aqui para a gente jogar o que estamos jogando nos últimos 20 meses. Foi para isso que eu vim. Simplesmente para jogar da forma como jogamos", declarou o comandante do City.

Campeão da Copa da Liga, finalista da Copa da Inglaterra, na briga pelo título do Inglês e vivo na Champions, Guardiola questionou o nível das cobranças. O espanhol até citou a passagem pelo Bayern de Munique para reforçar o quanto não se incomoda com a pressão por uma conquista europeia.

"Sei que no Bayern falam que foi um grande fracasso por não ter vencido a Champions depois de três temporadas. O que posso dizer? Aceito que as demais equipes foram melhores que nós nesta competição. Ganhei anteriormente esta competição, eu sei. Tenho que conviver com isso, mas não é um grande problema, isso me faz melhor", afirmou.

Pep Guardiola carrega dois títulos de Liga dos Campeões na carreira (2009 e 2011), ambos pelo Barcelona. Na Alemanha pelo Bayern, o treinador alcançou a fase semifinal em três oportunidades (2014, 2015, 2016).

Já pelo City, o treinador não passou das oitavas de final em 2017. No ano passado, parou nas quartas de final para o vice-campeão Liverpool.

Para fazer a melhor campanha com o clube de Manchester, Guardiola precisa guiar o time a uma vitória por dois gols de diferença no Etihad Stadium - a primeira partida terminou 1 a 0 para o Tottenham, em Londres.

Mais Esporte