Topo

Esporte


"Ronaldo não é suficiente": até na Itália Ajax vira supertime do momento

Holandeses passaram pela Juventus, justamente rival responsável por derrotas em fases decisivas na década de 90 - Massimo Pinca/Reuters
Holandeses passaram pela Juventus, justamente rival responsável por derrotas em fases decisivas na década de 90
Imagem: Massimo Pinca/Reuters

Do UOL, em São Paulo

17/04/2019 04h00

"É bizarro, não é normal."

Matthijs de Ligt surpreendeu ao analisar a classificação do Ajax às semifinais da Liga dos Campeões da Europa 2018/2019. Após a vitória por 2 a 1 sobre a Juventus em Turim, no qual marcou o segundo gol, o camisa 4 teve dificuldades para encontrar palavras para descrever o que sentia.

Não por acaso. Aos 19 anos, o zagueiro nem era nascido quando o Ajax foi pela última vez às semifinais da competição, na temporada 1996/1997. Na ocasião, o time holandês caiu diante da Juventus.

"É a primeira vez que eu estou sentindo isso. Mesmo em campo, não pode ser melhor. Isso não é normal, percebemos que somos nós mesmos. Estamos muito orgulhosos de nós mesmos. Os torcedores estão orgulhosos, toda a cidade está orgulhosa", completou, segundo o site do jornal Het Parool.

A meta agora é clara: chegar à final. A última vez em que isso aconteceu foi na temporada 1995/1996, quando perdeu o título para... A Juventus. Agora, para chegar à decisão, o time holandês tem que passar por Manchester City ou Tottenham, que definem o confronto inglês das quartas de final amanhã.

"Continuaremos a fazer o melhor possível e veremos onde isso termina. Vai ser difícil, mas estou ansioso por isso", disse De Ligt, agora de acordo com o jornal De Telegraaf.

CR7 x Super Ajax: na imprensa, "decepção"

Se na Holanda a sensação era de euforia, na Itália o discurso era de desolação. E a imprensa local, em mais de uma ocasião, chamou o time holandês de "Super Ajax".

O jornal Tuttosport lamentou o que chamou de "maldição da Champions". "Não basta Cristiano Ronaldo: o Ajax elimina a Juventus", publicou o site do diário esportivo. "O time de Allegri se ilude com CR7, mas não dura muito: Van de Beek empata e o Golden Boy De Ligt dá a estocada."

O Corriere della Sera também destacou a virada dos holandeses. "De Ligt dá fim aos sonhos dos Bianconeri; holandeses nas semifinais", manchetou o diário em sua versão online.

O tom foi semelhante no restante da imprensa. Confira manchetes:

  • Corriere dello Sport: "Ronaldo não basta; um super Ajax nas semifinais"
  • Gazzetta dello Sport: "Juve, tremenda decepção; Super Ajax nas semifinais"
  • La Stampa: "Ajax domina e vence por 2 a 1; Juventus está fora"
  • La Repubblica: "Cristiano Ronaldo não é suficiente, Ajax vence por 2 a 1 e vai às semifinais"

Ajax é sensação nas redes sociais

No Twitter, a classificação do Ajax às semifinais da Liga dos Campeões foi bastante celebrada. Inclusive por muita gente importante.

"Parabéns, Ajax. Vocês são incríveis, caras", publicou Carles Puyol, ex-zagueiro do Barcelona.

"Bravo, Ajax", aplaudiu Antoine Griezmann, atacante do Atlético de Madri.

Entre os demais internautas, o time holandês também foi motivo de celebração.

E, é claro, o resultado valeu também para fazer graça.

Mais Esporte