Topo

Futebol


Malcom quer ficar no Barcelona, mas teme chegada do francês Griezmann

Octavio Passos/Getty Images
Imagem: Octavio Passos/Getty Images

João Henrique Marques

DO UOL, em Barcelona (ESP)

2019-04-18T04:00:00

18/04/2019 04h00

Sem participações em jogos decisivos mais recentes no Barcelona, o atacante Malcom tem usado as partidas do time reserva para tentar reagir no clube. As recentes atuações deram moral ao brasileiro internamente, mas ainda não asseguraram sua permanência para a temporada seguinte.

VEJA TAMBÉM:

Segundo apurou o UOL Esporte, Malcom quer persistir no Barcelona por, ao menos, mais uma temporada. Só que isso passa muito por como o time pretende se reforçar na janela de transferências de verão. Uma condição encara como decisiva para deixar ou ficar no clube é a eventual contratação de Antoine Griezmann, algo que teoricamente faria o brasileiro ter ainda menos espaço dentre as opções ofensivas no elenco.

Griezmann é apenas especulação de mercado no Barcelona até o momento. A contratação foi intensamente negociada ao fim da temporada passada, antes da Copa do Mundo, mas terminou com a recusa do francês em uma transferência, permanecendo assim no Atlético de Madri. Isso foi o que justamente abriu espaço para o Barça pagar 40 milhões de euros ao Bordeaux para contar com Malcom.

Agora, uma nova tentativa por Griezmann é discutida no Barcelona, já que o Atlético de Madri ficou distante de cumprir o objetivo de participar da final da Liga dos Campeões, em casa, no estádio Wanda Metropolino - o time caiu nas quartas de final. Os rumores no clube catalão dão conta de que é o francês quem está interessado na mudança de ares desta vez.

"Griezmann não é um nome que está em cima da nossa mesa no momento. Falaremos disso no final do mês, ou princípio de maio", admitiu o presidente do Barcelona, Josep Bartomeu, em entrevista à TV Catalunya.

Em outro momento, Bartomeu ainda lembrou de outros jogadores que disseram "não" ao Barcelona, mas acabaram chegando ao clube um ano depois: "Temos o caso do (Thierry) Henry, (David) Villa e (Cesc) Fàbregas. Não é fácil mudar de equipe e encontrar uma forma de os convencer", disse.

Como o Barcelona não especula as vendas de Dembélé ou Luis Suárez, a preocupação de Malcom está em nem mesmo ser relacionado para os jogos decisivos. Nesta temporada, o brasileiro só fez duas partidas na Ligas dos Campeões, ambas vindo do banco de reservas.

As partidas realizadas no ano passado pela fase de grupos foram a vitória por 2 a 1 contra o PSV, na Holanda, e o empate por 1 a 1 contra a Internazionale, na Itália. Neste segundo jogo, o ex-corintiano entrou aos 36 minutos do segundo tempo e marcou o gol da igualdade quase que imediatamente.

Nos dois duelos de quartas de final contra o Manchester United (o Barcelona venceu por 4 a 0 no placar agregado), Malcom permaneceu como opção no banco de reservas. A certeza de não jogar é tanta que no confronto de ida na Inglaterra, o atacante brasileiro não foi nem ao gramado para aquecimento.

A reação de Malcom

Foi curioso notar que logo após marcar o gol de empate por 1 a 1 contra o rival Real Madrid, no Camp Nou, pela semifinal da Copa do Rei, no dia 6 de fevereiro, Malcom ficou encostado no Barcelona. Sem argumentar o motivo, o treinador Ernesto Valverde não utilizou o brasileiro em dez jogos seguidos e deu a sensação de que o mesmo não fazia mais parte dos planos do clube.

No período, Malcom ficou irritado e passou a considerar a troca de clube na reabertura da janela internacional de transferências, em julho. No entorno do jogador, os conselhos eram de paciência e, em chances recentes, o poder de reação apareceu.

Malcom foi usado vindo no banco de reservas nas importantes vitórias nos clássicos contra o Espanyol e Atlético de Madri - ambos os confrontos vencidos por 2 a 0 no Camp Nou. As atuações válidas pelo Campeonato Espanhol foram destacadas pela mídia catalã até que o brasileiro virou o titular em duelo fora de casa contra o Villarreal. Neste compromisso fez um gol, deu assistência e também foi bastante elogiado no empate por 4 a 4.

Com o Barcelona agora classificado para a semifinal da Liga dos Campeões, a tendência é de que Malcom tenha oportunidade de muitos minutos em campo nos seis jogos finais do time no Campeonato Espanhol. Isso, pois o Barça já está próximo do título, com nove pontos de vantagem para o Atlético de Madri. Tudo indica que Valverde opte pelos reservas na competição nacional.

Mais Futebol