Topo

Futebol


Com Fred, Cruzeiro pode voltar a ser campeão e ter artilheiro após 15 anos

Divulgação/Mineirão
Imagem: Divulgação/Mineirão

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

19/04/2019 12h00

Apesar da alta contribuição dos meio-campistas e meia-atacantes do Cruzeiro, parte do poderio ofensivo do time pode ser colocado na conta do centroavante Fred. Com 11 gols no estadual, ele está próximo de se tornar o artilheiro do Campeonato Mineiro de 2019. Se deixar o estádio Independência com o título amanhã, contra o Atlético-MG, o atacante ainda fará uma dobradinha que não acontece há 15 anos. Desde 2004, o Cruzeiro não termina o Mineiro com o artilheiro e a taça de campeão.

Fred ainda estava em sua primeira passagem pelo Cruzeiro quando o clube levou o caneco e a artilharia pela última vez. Em 2004, Alex fez 14 gols naquela edição e levou a Raposa ao título. No ano seguinte, Fred repetiu o número e também foi o artilheiro, mas a equipe foi vice para o Ipatinga. Depois disso, o Cruzeiro ainda teve Araújo (2007), Wellington Paulista (2012) e Leandro Damião (2015) no topo da lista, mas não saiu campeão nessas ocasiões.

Além de ser artilheiro do Mineiro em 2005 com o Cruzeiro, Fred voltou a figurar entre os goleadores na temporada de 2017, marcando dez gols pelo rival Atlético-MG. Fora de Minas Gerais, ele também já atingiu o feito por duas vezes jogando pelo Fluminense, no Carioca de 2011 e de 2015. Desta vez, os únicos com possibilidades reais, mas praticamente impossíveis, de alcançar os 11 gols do atacante são Alerrandro e Ricardo Oliveira. O primeiro tem oito gols e não vai começar jogando a final de amanhã. Já o camisa 9 do Galo será titular, mas terá que balançar as redes quatro vezes no clássico. Por isso, a terceira artilharia de Fred se torna iminente, e o centroavante poderá se isolar como jogador que mais vezes foi artilheiro do estadual no século, ultrapassando Guilherme, do Atlético, que levou o prêmio individual em 2001 e 2003.

"Tem tantos gols na carreira, é só ajustar um detalhe ou outro com ele que ele chega para finalizar bem e fazer o gol. É muito decisivo para nós, espero que continue nos ajudando", comentou o meia Marquinhos Gabriel.

Para se ter uma ideia de como o atacante está em alta no ano, Fred está a apenas um gol de igualar os artilheiros do Cruzeiro em 2018. Em toda a temporada passada, Thiago Neves e Arrascaeta terminaram com 15 gols. Com média de 0,93 gols por partida, o atual camisa 9 já contabiliza 14 tentos nos seus primeiros 15 jogos pelo estadual e na Libertadores. Além disso, ainda tem se destacado nas assistências, principalmente quando faz muito bem o pivô e escora a bola para a chegada dos companheiros. Em 2019, já são quatro passes para gols, dois a menos que Robinho, maior garçom da equipe.

Mais Futebol