Topo

Cruzeiro faz doações para entidade que atende crianças pobres na Venezuela

Cruzeiro/Divulgação
Imagem: Cruzeiro/Divulgação

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

24/04/2019 12h59

A passagem do Cruzeiro pela Venezuela não terminou apenas com a vitória por 2 a 0 contra o Deportivo Lara. Antes de deixar o país, que atravessa forte crise econômica, política e humanitária, o clube mineiro deu um belo exemplo de solidariedade, e realizou doações para uma entidade que atende crianças pobres no país.

De acordo com o clube mineiro, foram doadas 18 caixas de material de higiene básica para a Ciudad de los Muchachos, entidade filantrópica criada na década de 1970 e que atualmente atende cerca de 300 crianças e adolescentes que vivem em situação de risco na Venezuela. A entidade está localizada em Barquisimeto, capital do estado de Lara, e vizinha de Cabudare, cidade onde o Cruzeiro jogou na tarde de ontem.

O supervisor administrativo Benecy Queiroz e o zagueiro Léo representaram o Cruzeiro na visita, que ocorreu na segunda-feira.

"O Cruzeiro sempre se preocupou com o aspecto social. Graças aos jogadores, por iniciativa do Henrique, nosso capitão, do Léo, e da nossa comissão técnica, fizemos uma coleta em dinheiro e compramos algumas coisas de real necessidade para esses 300 jovens que vivem na pobreza. Foi uma forma singela de oferecermos uma ajuda aos nossos semelhantes", comentou Benecy Queiroz.

"A gente sabe que é muito mais que futebol. No Brasil tem gente que também passa por muitas dificuldades e quando isso acontece nós nos juntamos e abraçamos algumas causas. Resolvemos demonstrar um pouco de solidariedade também à Venezuela, que passa por dificuldades e por um momento difícil. Este é um pequeno apoio que a gente tentou passar para eles. Somos coirmãos e esperamos que o Brasil também apoie o povo da Venezuela, para que sempre possamos conseguir um pouquinho a mais e nos unirmos diante das dificuldades e dos problemas sociais", disse o zagueiro.