Topo

Esporte


Santa Cruz vence, mas Fluminense leva a melhor nos pênaltis e se classifica

Paulo Paiva/AGIF
Imagem: Paulo Paiva/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/04/2019 23h46

Foi sofrido, mas o Fluminense fez seu papel e deixou o campo do Arruda, em Recife, com a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil na conta. O Santa Cruz venceu por 2 a 0 e levou a decisão para os pênaltis. Mas os cariocas viram o goleiro Rodolfo brilhar e garantiu a classificação.

O jogo foi bastante movimentado, mas os gols só saíram no segundo tempo. O Santa Cruz abriu o placar aos 27 minutos com Jô. Logo depois, Pipico aproveitou rebote para ampliar.

Nos pênaltis, Rodolfo pegou cobranças de Marcos Martins e Willian Alves e viu Charles mandar para fora. Vitória por 3 a 2 para o Fluminense. Pelo lado do Tricolor carioca, Luciano, Pedro e Airton converteram, e Gilberto desperdiçou.

O Fluminense, agora, espera o sorteio das oitavas de final para saber quem será seu adversário. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ainda não tem uma data certa para a definição dos confrontos.

Os melhores: Luciano e Charles

Volante do Santa Cruz foi o grande destaque do jogo. Além de se mostrar incansável na marcação, foi importante na criação das jogadas. Quase marcou um golaço de falta. Na hora de decidir, no entanto, isolou cobrança de pênalti. Luciano, por sua vez, teve bom desempenho e criou várias jogadas ofensivas.

O pior: Airton

O volante mostrou estar sem ritmo de jogo. Foi presa fácil para a forte marcação do Santa Cruz e criou algumas chances de gol para o adversário. Ao menos cobrou pênalti com categoria.

Santa surpreende e pressiona Flu

Totalmente dominado no Maracanã no jogo de ida, vencido pelo Fluminense por 2 a 0, o Santa Cruz teve atuação completamente diferente no Arruda. Os pernambucanos partiram para cima do Fluminense com a bola e apertaram a marcação sem ela. O resultado foi o time carioca acuado e pressionado pelo adversário.

Flu leva perigo no contra-ataque

O Fluminense só conseguiu respirar aos poucos quando conseguiu encaixar alguns contra-ataques. Luciano teve grande chance de abrir o placar após enfiada, mas finalizou de maneira despretensiosa e mandou para fora.

Travessão salva Flu duas vezes

O Santa Cruz, por sua vez, teve algumas oportunidades de abrir o placar. A melhor dela veio justamente da marcação da saída de bola do Flu. Airton perdeu a bola, que sobrou para Augusto, e ele soltou a bomba no travessão. Na volta do intervalo, os pernambucanos novamente ficaram perto do gol e pararam no travessão. Dessa vez em cobrança de falta de Charles.

Santa Cruz faz dois gols em dois minutos

Quando o jogo parecia se encaminhar para um empate sem gols, o Santa Cruz finalmente acertou o pé e abriu o marcador. Jô, que havia perdido no primeiro tempo, finalizou com precisão e venceu Rodolfo aos 27 minutos. Aos 29, os donos da casa fizeram o segundo e levaram o Arruda ao delírio. Pipico aproveitou rebote e deixou o placar agregado empatado. No entanto, nos pênaltis, o time carioca levou a melhor, fazendo 3 a 2 e garantindo a classificação.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 2 X 0 FLUMINENSE


Local: Arruda, Recife (PE)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Vitor Carmona Matestaine (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
Gols: Jô, aos 27min, e Pipico, aos 29min do segundo tempo
Cartões amarelo: Pipico (SAN) Caio Henrique (FLU)

Santa Cruz
Anderson; Marcos Martins, João Victor, William Alves e Carlos Renato; Charles, Italo Henrique e Patrick Vieira; Dudu (Jô), Augusto e Pipico
Técnico: Léston Júnior

Fluminense
Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Airton, Bruno Silva e Allan; Everaldo, Luciano e Yony Gonzalez
Técnico: Fernando Diniz

Mais Esporte