Topo

Fortaleza

Ceni diz que levará festa "belíssima" para sempre e lamenta derrota para SP

Bruno Grossi

Do UOL, em Fortaleza

2019-05-12T22:40:15

12/05/2019 22h40

Rogério Ceni enfrentou o São Paulo pela primeira vez hoje (12) e foi derrotado por 1 a 0, no Castelão. No entanto, o treinador do Fortaleza elogiou muito a homenagem que recebeu das duas torcidas, especialmente a cearense, que defende hoje, e lamentou pelo resultado do jogo.

"Tenho um carinho enorme pelo São Paulo, mas gostaria que tivesse um final mais feliz para a maioria do estádio, que era do Fortaleza, o nosso time no momento. Você se sente impotente por não conseguir entregar os três pontos. Primeiro pela tabela de classificação, segundo pela festa belíssima, que vou levar para sempre. Espero poder retribuir de alguma maneira tudo o que foi feito hoje", respondeu o ex-goleiro em entrevista coletiva.

"Eu repito: sou extremamente grato aos meus jogadores e tenho orgulho de trabalhar com esses caras. Se temos alguma dificuldade técnica ou mesmo de estrutura, algo que o clube ainda está melhorando, nós temos muita alma. Lamento pelo resultado, porque o que produzimos não foi para perder hoje", disse Rogério Ceni.

Após a partida, o técnico ouviu os são-paulinos entoarem um grito que ficou muito famoso em sua trajetória como jogador do São Paulo: "p... que pariu, é o melhor goleiro do Brasil, Rogério!". No estádio, enquanto a bola rolava, foi possível ouvir a torcida paulista puxar o canto de "Tricolor", que foi imitado pela maioria de torcedores do Fortaleza.

"Temos a capacidade de enfrentar bons times, os times que brigam pela ponta. Nós temos condições de enfrentar todos esses times aqui, mas temos de aproveitar as oportunidades que aparecem, tentar concluir melhor as jogadas. O time gira bem a bola, tem posse e controle de jogo, mas peca um pouquinho na hora de finalizar", disse Ceni.

"Isso é natural e compreensível. Que o torcedor continue nos apoiando, e que a gente continue trabalhando firme pelo Fortaleza. Está todo mundo trabalhando em prol do crescimento do clube. Temos um grande desafio, que é manter o Fortaleza na Série A. Eu espero estar aqui até o fim do ano para tentar entregar esse compromisso que a gente tem com o clube", prosseguiu.

O gol do São Paulo foi feito por Hernanes, que saiu do banco. O Profeta, como é conhecido entre os são-paulinos, rasgou elogios a Rogério Ceni após a partida e disse que "o que ele fez ecoará para sempre nos corações dos torcedores do São Paulo. O treinador do Fortaleza não teve oportunidade de comentar estas palavras, mas falou sobre o gol do meio-campista.

"A equipe foi bem organizada do começo ao fim. É um detalhezinho que foge em um segundo, quando o time já está cansado. A gente nunca treinou uma bola jogada a esmo na área assim. Mas acontece, o jogador cansado às vezes não toma a decisão correta. Quando você enfrenta uma equipe de alto nível, com um jogador como o Hernanes, acaba pagando o preço do jogo", concluiu.