Topo

Palmeiras

Palmeiras tem R$ 34,5 mi garantidos pelo EI caso não feche com a Globo

Marcello Zambrana/AGIF
Maurício Galiotte pode acionar cláusula Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

2019-05-16T12:10:28

16/05/2019 12h10

O Palmeiras tem uma garantia de R$ 34,5 milhões pelos seus direitos de transmissão de TV aberta caso não consiga chegar a um acordo com a Globo. O valor corresponde a uma cláusula feita em contrato entre clube e Esporte Interativo, no acordo pela TV fechada, e está na previsão orçamentária palmeirense para 2019.

O valor foi publicado inicialmente pelo jornalista Gian Oddi, da ESPN Brasil, e confirmado pelo UOL Esporte. Esse montante foi estimado com alguns estudos técnicos e é inferior ao patamar negociado pelo time paulista com a Globo pela mesma propriedade. Ele só deve ser pago ao término da temporada.

Também é importante pontuar que o valor não contempla a falta de acordo na venda dos direitos para o pay-per-view.

O mecanismo já havia sido revelado pelo Blog do Rodrigo Mattos e serve para proteger o Alviverde, já prevendo que o time poderia sofrer consequências por preterir o Sportv e fechar com o Esporte Interativo.

Palmeiras e Globo se reúnem constantemente, mas ainda não chegaram a um acordo. O principal ponto de entrave é a multa de 20% que a empresa carioca pretende aplicar nos clubes que fecharam com o Esporte Interativo por conta da perda de exclusividade.

Entre os clubes que assinaram com a Turner, o time do Palestra Itália é o único que não topou essa penalidade. O Athletico-PR fechou o acordo por direitos da TV aberta, mas segue sem vender seus direitos para o pay-per-view.

Além disso, há alguns pontos que o Alviverde considera como "diferenças de conceitos" e que dificultam o avanço das conversas.