Topo

Atlético-MG

Atlético-MG vê negócio com Osorio improvável após pedidos do treinador

EMMANUEL DUNAND/AFP
Juan Carlos Osorio é o alvo do Atlético-MG para o cargo de treinador Imagem: EMMANUEL DUNAND/AFP

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-05-18T04:00:00

18/05/2019 04h00

O Atlético-MG mantinha conversas com Juan Carlos Osorio. Depois da viagem a Medellín, Rui Costa, diretor de futebol do clube, escutou alguns pedidos do treinador para fechar a mudança para a Cidade do Galo e, agora, vê o acordo de forma improvável. Alguns pontos inviabilizaram o negócio.

O primeiro foi a pedida salarial do técnico colombiano. O valor não é revelado, mas é considerado acima dos padrões do clube em 2019.

Hoje, o Galo vive dificuldades financeiras e trabalha com cautela a busca por reforços. Por isso, há um movimento nos bastidores que defende que o clube não deve atender a uma pedida com valores exorbitantes para buscar o colombiano que já esteve à frente do São Paulo em 2015.

A pretensão salarial de Osorio deixa a negociação praticamente descartada. O colombiano também precisaria resolver questões pessoais para tentar viabilizar a mudança para a capital mineira. Um filho de Osorio se mudou para Miami, cidade do sul da Flórida, nos Estados Unidos, e o técnico quer ter liberdade para encontrá-lo com mais frequência.

Além disso, o Atlético encontrou mais um obstáculo para fechar com o técnico. O comandante pediu reforços para o elenco que hoje é liderado de forma interina por Rodrigo Santana. A diretoria já detectou as carências e está à procura de jogadores para a próxima janela de transferências. Os nomes, no entanto, não são revelados.