Topo

Botafogo

Gabriel dispara contra arbitragem de Botafogo x Palmeiras: 'Vergonhoso'

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

2019-05-25T18:21:05

25/05/2019 18h21

O zagueiro Gabriel, do Botafogo, deixou o campo do Estádio Mané Garrincha, em Brasília, após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, revoltado com a atuação do árbitro Paulo Roberto Alves Júnior, do Paraná. "Vergonhoso" foi a palavra utilizada por ele ao ser questionado sobre o pênalti, que acabou sendo essencial no triunfo da equipe do técnico Felipão. O jogador alvinegro fez duras críticas também à forma que o árbitro de vídeo (VAR), foi utilizado no duelo.

A penalidade foi assinalada no segundo tempo. No lance, em uma disputa entre Gabriel e o atacante Deyverson, o jogador palmeirense caiu na área e Paulo Roberto apontou que ele havia simulando, aplicando, inclusive, o cartão amarelo. Pouco depois, ao ser chamado, analisou a jogada novamente, voltou atrás e marcou o pênalti, alegando um pisão de Gabriel em Deyverson. Gustavo Gómez bateu e converteu.

"Vergonhoso. Eu nem vejo o Deyverson, fui dar a passada. Eu acertei mesmo o pé dele, mas ele vai ver o VAR em câmera lenta e vê o que aconteceu. O futebol está acabando. O VAR vai ser muito bem-vindo, mas se souber usá-lo. Não adianta parar e ver em câmera lenta. Futebol é contato. Se for assim, a cada jogo vai ter de marcar cinco pênaltis. E outra coisa, árbitro muito arrogante, não pode conversar com ele. O Gilson... Ele ficou, desde o primeiro tempo, ameaçando expulsar o Gilson", disse.

Com a vitória, o Palmeiras, líder do campeonato, chegou a 16 pontos, enquanto o Botafogo permaneceu com nove e, até o momento, ocupa a sétima colocação.