Topo

Com vantagem histórica, Fluminense inicia semana focando na Sul-Americana

Fernando Diniz afirmou que vai com "força máxima" para o duelo na Colômbia - FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC
Fernando Diniz afirmou que vai com "força máxima" para o duelo na Colômbia Imagem: FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

27/05/2019 04h00

O Fluminense inicia a semana com a missão de esquecer a derrota para o Bahia, no Campeonato Brasileiro, e voltar o foco para o duelo com o Atlético Nacional, da Colômbia, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Porém, além da vantagem construída no Maracanã, um outro número pode animar os torcedores para este confronto.

Em casa, o time do técnico Fernando Diniz derrotou a equipe colombiana por 4 a 1, com três gols de João Pedro, o que faz com que o Flu possa perder por até 2 a 0 para garantir a classificação. E se depender do retrospecto, os tricolores já podem comemorar. Nas três oportunidades em que encarou o Atlético Nacional no Estádio Atanásio Girardot, palco do jogo desta quarta-feira, a equipe das Laranjeiras nunca perdeu: foram duas vitórias e um empate.

O Fluminense foi à Colômbia encarar o "El Verde y Blanco" pela primeira vez em 1953, pelo Torneio de Medelin, e venceu por 3 a 0. O segundo encontro aconteceu em 1957, em um amistoso internacional, e terminou em 1 a 1. Mais recentemente, em 2008, pela Libertadores, novo triunfo, agora, por 2 a 1.

Fernando Diniz afirmou, após o duelo com o Bahia, que vai utilizar força máxima nesta partida, mas pediu cautela aos comandados.

"Vamos jogar contra um time muito qualificado, fizemos um bom jogo no Maracanã, temos que ter todos os cuidados. Vamos entrar com força máxima para fazer um bom jogo", disse.