Topo

Esporte


Técnico do Barça volta a ter permanência em xeque após vice na Copa do Rei

AP Photo/Manu Fernandez
Imagem: AP Photo/Manu Fernandez

Do UOL, em São Paulo

27/05/2019 09h33

O Barcelona anunciou a renovação de contrato com o técnico Ernesto Valverde em fevereiro deste ano e o presidente Josep Maria Bartomeu já reiterou confiança em seu trabalho, mas o vice-campeonato na Copa do Rei voltou a colocar a permanência do treinador em xeque para a próxima temporada.

Nesta segunda-feira, os jornais "Mundo Deportivo", "Sport" e "El Pais" levantam dúvidas sobre o futuro de Valverde e dizem que a diretoria deve nesta semana chegar a uma decisão sobre uma eventual mudança no comando técnico do clube.

Segundo o "Mundo Deportivo", existe um debate no clube para saber se Valverde é a pessoa mais indicada para assumir a "revolução do elenco". Até nove jogadores podem ter se despedido do clube na derrota por 2 a 1 para o Valencia no último sábado e novos reforços devem ser incorporados.

Já o jornal "Sport" diz que o presidente do Barcelona tem sofrido pressões internas para rever sua posição em relação a Valverde e deve apresentar uma palavra definitiva nesta semana. A publicação, inclusive, cita quatro treinadores que seriam opções para o cargo: Ten Hag (Ajax), Ronald Koeman (seleção holandesa), Roberto Martinez (seleção belga) e Laurent Blanc (sem clube).

O "El Pais", por sua vez, fala em sensação de "fim de ciclo" e um Valverde "desgastado" e "superado". A publicação diz que o treinador pode ficar, mas que o Barcelona poderá passar por mudanças profundas em seu elenco e na condução do trabalho.

Valverde completou a sua segunda temporada pelo Barcelona com a conquista do Campeonato Espanhol, mas falhando no principal desafio: o de levar o clube ao título da Liga dos Campeões. A derrota traumática na semifinal - 4 a 0 para o Liverpool no Anfield Road depois de vitória catalã por 3 a 0 no Camp Nou - aumentou a pressão em um trabalho que já não era unanimidade.

Neste sentido, a derrota no último sábado por 2 a 1 na final da Copa do Rei ampliou a incerteza sobre o treinador, que tem contrato por mais uma temporada com a opção de renovação por mais uma.

Mais Esporte