Topo

Arboleda deve puxar a fila de provável reformulação no elenco do São Paulo

Arboleda, zagueiro do São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Arboleda, zagueiro do São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

31/05/2019 04h00

Após a eliminação na Copa do Brasil, Cuca deixou transparecer que mudanças no elenco do São Paulo devem acontecer nas próximas semanas. Jogadores vão sair e algumas peças chegarão para reforçar a equipe. Entre os mais cotados para ser negociado está Arboleda, que pode ter disputado a sua última partida com a camisa do Tricolor paulista na derrota para o Bahia, quando foi expulso.

O zagueiro passou a integrar a seleção equatoriana que vai disputar a Copa América e deveria retornar ao Morumbi apenas em julho. No entanto, o defensor é visto como o principal ativo no momento para reforçar o cofre do clube. O próprio Arboleda já deixou claro que tem o desejo de jogar na Europa e recebeu sondagens de equipes do Velho Mundo.

Outro que despertou interesse de estrangeiros é Helinho. A Inter de Milão já enviou um olheiro para observar mais de perto o atacante, de 19 anos, em ação. Apesar de o presidente tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, declarar que não pretende negociar os seus jovens talentos, Helinho não é tão utilizado por Cuca e poderia deixar o Morumbi caso apareça uma proposta interessante.

Para dar continuidade ao processo de redução salarial, o São Paulo também deve acertar a transferência de jogadores que não fazem mais parte dos planos de Cuca ou que são muito pouco escalados.

Quando assinou com o São Paulo, Cuca já deixou claro que gostaria de ter uma equipe com um outro perfil e ajudou a acelerar a transferência de Diego Souza para o Botafogo. Também considerado fora dos padrões desejados por Cuca, o meia Nenê já chegou a conversar com o Fortaleza, porém não entrou em acordo com os nordestinos. Até mesmo pelo fato de ter contrato só até o fim deste ano com o São Paulo, não deve haver tanta dificuldade para fazer o Tricolor paulista liberá-lo.

Emprestado ao São Paulo até o fim deste ano, Bruno Peres também não faz parte dos planos do treinador. O jogador tem um salário considerado alto, mas ainda não apareceu ainda um interessado. Quem também tem um vencimento acima da média e pode ser negociado é Jucilei. O volante tem contrato com o São Paulo até 31 de dezembro de 2021.

Antes mesmo de assumir o time, Cuca teve uma reunião com o executivo financeiro do clube, Elias Albarello, e soube que para contratar jogadores, teria de haver uma redução salarial. O treinador ainda deseja que o São Paulo traga um lateral direito e um atacante de referência para fechar o seu elenco para 2019.