Topo

Futebol


Apartamento de Najila tem sinais de arrombamento; polícia colherá digitais

Viatura da Polícia Científica foi ao apartamento de Najila Trindade para periciar o local - Karla Torralba/UOL
Viatura da Polícia Científica foi ao apartamento de Najila Trindade para periciar o local Imagem: Karla Torralba/UOL

Karla Torralba

Do UOL, em São Paulo

06/06/2019 20h01

Uma equipe de perícia da Polícia Civil constatou na noite de hoje (6) a presença de sinais de arrombamento leve em porta de apartamento de Najila Trindade, mulher que acusa o jogador Neymar de estupro.

A reportagem do UOL Esporte apurou que foi constatada tentativa de entrada forçada na porta. Ainda não é possível afirmar quem causou o arrombamento ou por qual motivo. Por isso a perícia colherá digitais para investigação. Segundo apuração, foi um arrombamento leve.

"O local será preservado para o trabalho da perícia. Ninguém entra. Nem a Najila. É cena de crime e permanecerá isolado até o final do trabalho da perícia", afirmou o delegado Marcos Gomes de Moura, da 11ª Delegacia Policial de Santo Amaro, que visitou o apartamento na zona sul de São Paulo cerca de 10 minutos antes da perícia iniciar o trabalho.

A jovem havia relatado o caso à advogada Yasmin Pastore Abdala, que comunicou a imprensa. Mais cedo, o proprietário do imóvel, Marcus Vinícius Picconi foi procurado assim que o relato de invasão foi feito. Segundo ele, que mora na Espanha e não esteve no local, teriam aparecido marcas de chave de fenda na porta. "Com as marcas do jeito que estão, não dá para arrombar", disse Picconi.

"Não houve [arrombamento]. A empregada deixa a porta destrancada frequentemente [vizinha confirma]. Ninguém entrou no prédio além da empregada", afirmou o dono do apartamento ao UOL, por mensagem texto. As informações foram transmitidas e ele pelo condomínio e administradora.

Na tarde de hoje, o síndico do condomínio reforçou a tese de Picconi ao abrir um boletim de ocorrência para afirmar que não houve arrombamento na porta do apartamento.

Mais Futebol