Topo

Corinthians

Comprar ingresso
Comprar ingresso

Má impressão em último jogo do semestre reacende alerta no Corinthians

Marcello Zambrana/AGIF
Fábio Carille tem alguns problemas a solucionar durante a parada do futebol brasileiro neste meio de ano Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

2019-06-14T04:00:00

14/06/2019 04h00

O elenco do Corinthians encerrou ontem o seu 'primeiro tempo' no futebol brasileiro em 2019, e a saída para a folga deve ter mais dor de cabeça do que tranquilidade para Fábio Carille. Ainda mais porque o desempenho da equipe voltou algumas casas na derrota para o Santos e reacendeu a preocupação por um Alvinegro que sofre para ser criativo.

Antes do clássico, Carille havia perdoado os altos e baixos do Corinthians por valorizar a armação das jogadas. A derrota na Vila Belmiro, porém, representou passos atrás na evolução do time. "O duro é quando você não cria. Seria duro se a gente não estivesse nem criando", falou antes de ir a Santos, em uma espécie de previsão às avessas do que aconteceria dias depois. O jogo ruim na Baixada, portanto, acabou sendo um declínio.

"[O desempenho] está um pouquinho abaixo; a gente sempre quer mais. Mas se confirmarmos a vitória neste jogo a menos [contra o Goiás] estaremos ali no bloco de cima, que é nossa intenção", projetou Carille no início da semana. De fato o Corinthians soma 12 pontos e, caso vença o jogo atrasado, passa a figurar no primeiro pelotão da classificação - a temporada ainda reserva confrontos da Copa Sul-Americana.

O Alvinegro tem quatro semanas livres para descansar o time e solucionar seus problemas, um período sem jogos que Carille espera há muito tempo. "Esta parada será muito importante para nós, repito, porque terei todos para trabalhar e para terem o entendimento. Já melhorou em alguns jogos, apesar dos desfalques, e a tendência é que depois da Copa América fique bem melhor", projeta o técnico corintiano.

O treino regenerativo de ontem, no CT Joaquim Grava, marcou o final do primeiro semestre corintiano. Hoje é o primeiro dos dez dias de folga dos atletas até o retorno na segunda-feira que vem (24), quando começa a preparação para os últimos meses da temporada. Após amistosos contra Botafogo-SP e Vila Nova-GO, a volta aos campos acontece em 13 de julho, contra o CSA, na décima rodada do Campeonato Brasileiro.