Topo

Esporte


Quem é o centroavante que superou CR7 na Itália e barrou Borja na Colômbia

Alan Morici/CA 2019
Duván Zapata vem se destacando na seleção colombiana e pode barrar Falcao García na Copa América 2019 Imagem: Alan Morici/CA 2019

Diego Salgado, José Edgar de Matos e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-06-27T04:00:00

27/06/2019 04h00

Duván Zapata se tornou um dos principais atacantes do Campeonato Italiano na temporada 2018/2019. Em uma surpreendente Atalanta, o jogador brigou para ser o maior goleador da competição, superou nos números Cristiano Ronaldo e convenceu Carlos Queiroz a convocá-lo para a Copa América em detrimento ao palmeirense Miguel Borja, que defendeu a equipe no Mundial da Rússia no ano passado.

Um dia antes da decisão pelas quartas de final contra o Chile, marcada para amanhã (28), na Arena Corinthians, o camisa 7 surge como candidato ao time titular e candidato a barrar o capitão Radamel Falcao García, símbolo da atual geração que busca recolocar a Colômbia no topo do continente depois de 18 anos.

Zapata já deu suas credenciais nesta Copa América ao anotar gols nas vitórias sobre a Argentina (2 a 0) e diante do Qatar (1 a 0). Mesmo saindo do banco diante de argentinos e paraguaios, este último compromisso pela terceira rodada da fase de grupos, o centroavante do Atalanta ocupa a artilharia da Copa América e briga pelo prêmio de goleador do torneio.

Este faro de artilheiro não surpreende. Na Itália, Duván Zapata anotou 23 gols e terminou com a vice-artilharia da Série A. Na tabela, o colombiano superou inclusive Cristiano Ronaldo, que finalizou a primeira temporada com a Juventus com 21 bolas nas redes rivais na competição.

Destaque no calcio, Zapata ainda protagonizou a chocante queda de Cristiano Ronaldo e da Juventus na Copa da Itália. O goleador colombiano anotou dois gols e foi o melhor nome em campo na vitória por 3 a 0 da Atalanta sobre a equipe de Turim, em jogo eliminatório pelas quartas de final da Copa Itália.

A derrota para a Atalanta com show de Zapata impediu de maneira precoce a briga da Juve pelo quinto título seguido no torneio. Cristiano Ronaldo, um dos maiores vencedores da história do futebol, acabou a temporada com os troféus da Supercopa e do Campeonato Italiano na bagagem.

A partida em que superou Cristiano Ronaldo simboliza a temporada de mais alto nível da carreira de Zapata. Aos 28 anos, o atacante da Atalanta com passagens por América de Cali, Estudiantes, Napoli, Udinese e Sampdoria vive a melhor fase, capaz de ameaçar o posto anteriormente inatingível de Falcao, um dos maiores atacantes da história da seleção colombiana.

Mais Esporte