Topo

Futebol


Fagner nega propostas, mas não "fecha as portas" para Europa

Lateral Fagner treina com a seleção brasileira no Pacaembu, em São Paulo - Miguel Schincariol/AFP
Lateral Fagner treina com a seleção brasileira no Pacaembu, em São Paulo Imagem: Miguel Schincariol/AFP

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

10/07/2019 16h01

O lateral direito Fagner disse que não recebeu nenhuma proposta após integrar o grupo da seleção brasileira que conquistou a Copa América, diante do Peru, no último domingo, no Maracanã. No entanto, o camisa 23 não "fechou as portas" para o futebol europeu.

"Não, sinceramente até agora não chegou nada [de proposta]. Estava focado na Copa América, assim como volto para o clube focado em ajudar da melhor forma possível. Se chegar algo o presidente e o meu empresário vão me informar. No momento não tem nada. A cabeça está 100% no Corinthians", afirmou Fagner.

Fagner já atuou na Europa em dois períodos. Ele defendeu o PSV, da Holanda, entre 2007 e 2008, e depois de voltar ao Brasil, ele retornou ao futebol europeu para atuar no Wolfsburg, da Alemanha, entre 2012 e 2013.

Mesmo já atuando no velho continente, Fagner não descarta retornar. Porém, o lateral ressalta que segue focado em continuar fazendo história no clube de Parque São Jorge.

"É difícil falar [sobre não jogar mais na Europa], fechar portas, não é? Como sempre digo, estou muito feliz no Corinthians, construindo uma história muito bonita, não tem porque falar que vou sair hoje, que quero sair, mas o futebol é dinâmico, as coisas acontecem da noite para o dia. Não posso fechar uma porta sem nem mesmo ela se abrir", disse o camisa 23.

"Vou continuar fazendo a minha história aqui. Sabemos que, pelo fato de ter ido para a seleção, podem acontecer coisas, mas, ao mesmo tempo, podem nem acontecer, também, como não aconteceu nada depois da Copa do Mundo [da Rússia, em 2018]. Minha cabeça está no Corinthians, quero jogar, melhorar números e conquistar títulos", completou.

Fagner, ao lado de Cássio, se apresentou hoje ao Corinthians após conquistar o título da Copa América com a seleção brasileira. A dupla deve atuar contra o CSA no próximo domingo (14), às 16h (de Brasília), em Itaquera, válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Mais Futebol