Topo

Botafogo é o time que menos finaliza na Série A e sofre com má pontaria

Jogadores do Botafogo recebem instruções do técnico Eduardo Barroca - VITOR SILVA/SSPRESS/BOTAFOGO
Jogadores do Botafogo recebem instruções do técnico Eduardo Barroca Imagem: VITOR SILVA/SSPRESS/BOTAFOGO

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

16/07/2019 04h00

Em meio à seca financeira que precipitou uma greve de silêncio no Botafogo, a equipe também vem convivendo com um outro artigo escasso durante o Campeonato Brasileiro: os gols.

Com apenas oito marcados na competição nacional, os cariocas estão ao lado do Corinthians neste quesito e superam apenas CSA e Avaí. De acordo com números do "Footstats", o Alvinegro, com 83 finalizações, é o time que menos arremata no torneio.

Além do poder de fogo baixo, a artilharia está descalibrada, já que apenas 33 destas bolas foram no alvo adversário. A última vez que os alvinegros fizeram a festa com a torcida foi no dia 9 de junho, quando o time bateu os alagoanos por 2 a 1. Depois dali, derrota por 1 a 0 para o Grêmio, pausa para a Copa América e empate sem gols contra o Cruzeiro.

"Não sofremos gols em quatro jogos dos dez que fizemos. Ainda estamos nos desenvolvendo em uma série de coisas que a gente precisa crescer ainda", pontuou o técnico Eduardo Barroca.

No Mineirão, o comandante já contou com uma nova alternativa para o setor ofensivo do Botafogo. Contratado durante a parada para o torneio continental, Victor Rangel entrou no lugar de Erik e recebeu elogios de Barroca.

"Entendo que essa mexida fez a gente crescer e ganhar mais profundidade. Tanto que na parte final tivemos três chances que poderíamos ter feito o gol", acrescentou.

Após um dia de folga, o elenco retoma hoje os trabalhos de olho no Santos, rival do próximo domingo no Brasileiro. Com tempo livre para treinar, o Botafogo tenta calibrar a pontaria para seguir na parte de cima da tabela.