Topo

Rafael Sobis cresce em momento decisivo e reforça importância no Inter

Rafael Sóbis cresce no momento decisivo como líder do Inter dentro de campo - Pedro H. Tesch/AGIF
Rafael Sóbis cresce no momento decisivo como líder do Inter dentro de campo Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

09/08/2019 04h00

Uma das razões pelas quais o Inter resolveu contratar Rafael Sobis é sua experiência. Ídolo do clube, o atacante de 34 anos cresce em momentos decisivos e tem capacidade de liderança entre os mais jovens. E é tudo isso que ele tem mostrado quando a Copa do Brasil e a Libertadores se aproximam do fim. Líder em assistências na temporada, o veterano tem repetido bons jogos e ocupou posto relevante no grupo.

Ninguém no Colorado desconfiava da qualidade de Sobis. No entanto, a última temporada, em que não atuou com regularidade pelo Cruzeiro, gerava dúvidas sobre o aproveitamento no time.

Ainda assim, a direção apostou na liderança de Sobis e em sua capacidade de suportar a pressão de partidas eliminatórias. E tem dado certo.

Ele foi importante na substituição a D'Alessandro no jogo de ida da fase semifinal da Copa do Brasil. A vitória por 1 a 0 no Mineirão contou com passes, controle do jogo, boas conclusões e jogadas do veterano. Foi Sobis quem sofreu a falta que originou o gol de Edenilson.

"Ele tem uma leitura de movimentação do adversário, do jogo, do posicionamento, excelente", elogiou o técnico Odair Hellmann. "Sempre soubemos o que ele poderia nos dar. E está provando isso em campo", acrescentou o vice de futebol Roberto Melo.

Em 2019, Sobis disputou 30 partidas, marcou cinco gols e deu sete assistências. Quando está em campo, é o dono das bolas paradas, tanto em cobranças de falta, quanto escanteio.

A boa fase o faz, inclusive, ser alternativa em mais de um setor de campo. Quando não tem Paolo Guerrero, Odair já utilizou o jogador como centroavante, fazendo movimento de recuo para avanço dos extremas e aproveitando a qualidade de passe. E Sobis também atuando pelos lados, direito ou esquerdo, em substituição a D'Alessandro ou Nico López.

O Colorado volta a campo no domingo para enfrentar o Corinthians, às 11h (de Brasília), em Porto Alegre, pela 14ª rodada do Brasileiro.