Topo

Futebol


Carille revela cobrança no vestiário e minimiza "dependência" por Fagner

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/08/2019 13h49

O técnico Fábio Carille revelou que cobrou os seus jogadores no vestiário do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, após o empate sem gols do Corinthians contra o Internacional hoje, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"O Internacional é o segundo melhor mandante da temporada, gostei muito do time sem bola, a concentração, mas faltou jogar um pouco mais. Erro de passes. Se a gente tivesse bem tecnicamente, a gente incomodaria mais o Inter e poderíamos conseguir um resultado melhor. Parabenizei pela entrega, mas cobrei para jogar um pouco mais. Às vezes conseguimos rodar, chegamos do outro lado. Deveríamos ter feito isso mais. Mudança de corredor, jogar do outro lado e procurar envolver", afirmou Carille.

Carille também minimizou uma espécie de dependência do Corinthians em relação a Fagner, que não atuou pois estava suspenso. O treinador disse que o time poderia ter jogado mais, mas não quis atrelar a pouca criação por conta da ausência do lateral da seleção brasileira.

"Jogar um pouco mais não passa só pelo Fagner não. Michel joga bem. Toda vez que precisou deu conta do recado, mas não é fácil substituir o melhor lateral-direito do futebol brasileiro", disse.

Carille ainda explicou o motivo de não colocar o meia Mateus Vital, destaque nos últimos jogos, contra o Internacional. O treinador entrou com Sornoza na armação das jogadas e, no segundo tempo, colocou Everaldo, Matheus Jesus e Ramiro nos lugares de Pedrinho, Sornoza e Clayson, respectivamente.

"Com o Mateus Vital eu perco um pouco de marcação no meio. Eu perco um pouco isso. Não dá pra deixar espaço para o Inter no meio-campo, e saio satisfeito com o resultado", disse.

O resultado mantém o Corinthians no G-6, com 24 pontos ganhos. Na próxima rodada, o Timão enfrenta o Botafogo, sábado (17), às 17h (de Brasília), em Itaquera.

Mais Futebol