Modric diz que não foi premiado por acaso: "Viram que futebol não é só gol"

  • Franck Fife/AFP

Na última terça-feira, a revista France Football entregou o troféu da Bola de Ouro e coroou Modric como o melhor jogador da última temporada. O croata desbancou Messi e Cristiano Ronaldo e conversou com a revista americana 'GQ' para comemorar a premiação.

- Foi um percurso longo e duro, mas é isso que me deixa feliz. Todos os prêmios, como o The Best [da Fifa] ou a Bola de Ouro, são melhores ainda quando se está consciente de que ninguém te deu nada. Nada me foi dado, tudo o que consegui foi graças ao trabalho - disse o atleta, que venceu a Liga dos Campeões com o Real Madrid e foi vice na Copa do Mundo com a Croácia.

Desde 2008, Messi e Cristiano Ronaldo vinham se revezando no prêmio, com cinco para cada um. Há quem acredite que ele não deveria ter sido escolhido, mas Modric afirma que seu prêmio foi merecido e que os grandes cartolas do futebol aprenderam que futebol não se trata só de gols.

- É verdade que tive de ganhar muitas coisas, como conquistar a Champions por três anos seguidos, ou chegar com a Croácia, um país pequeno, à final do Mundial, algo que era quase inimaginável. Mas depois as pessoas começaram a ver que o futebol não é gol, gol e mais gol - finalizou o meia de 32 anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos