Topo

Esporte


Chapecoense fica no 0 a 0 com estreante Unión La Calera pela Sul-Americana

Duelo será decidido na Arena Condá - MARTIN BERNETTI / AFP
Duelo será decidido na Arena Condá Imagem: MARTIN BERNETTI / AFP

05/02/2019 23h39

Jogando na cidade de La Calera (Chile), mais precisamente no estádio Nicolás Chahuán, Unión La Calera e Chapecoense ficaram no 0 a 0 em partida bem movimentada pela Copa Sul-Americana - principalmente pelas bolas aéreas dos anfitriões e o contra-ataque afiado dos catarinenses.

Deixando claro que a sua característica era de jogar com abertura dos lances nas laterais e buscar jogadas de velocidade, os anfitriões mantiveram a posse de bola e fizeram a Chape se limitar a correr atrás e se posicionar defensivamente para cobrir os espaços.

Logo aos 4 min, a proposta deu resultado quando, em bola alçada por Matías Navarrete, o zagueiro Douglas furou e, depois do chute travado de Marcelo Larrondo, Juan Leiva só não marcou porque João Ricardo abafou bem a finalização.

Depois de passar praticamente a metade da etapa inicial encurralado na defesa, aos poucos o Verdão do Oeste parecia se adequar ao gramado sintético e também a movimentação chilena. Tanto é que, depois de subir suas linhas de marcação, os catarinenses conseguiram elaborar jogada onde Wellington Paulista chutou rasteiro para Renato chegar de carrinho e acertar a trave esquerda de Augusto Batalla.

Apenas quatro minutos depois, a Chape aproveitou o ímpeto de ter se recuperado no confronto e chegou bem em triangulação pelo lado direito que, após bola cruzada que passou dentro da grande área, terminou com chute na rede pelo lado de fora de Diego Torres.

Chape tenta crescer no 2º tempo

Apesar de voltar do intervalo novamente com a posse de bola inferior, dessa vez a Chape parecia mais madura para estruturar seu sistema de marcação de forma que o Unión La Calera não conseguia ter o mesmo ímpeto dos primeiros minutos na etapa inicial. Com isso, a partida seguia relativamente controlada e de maneira que acabava favorecendo aos brasileiros.

Porém, mesmo com um cenário mais pacato, a bola aérea voltou a ser perigosa a favor dos chilenos quando Walter Bou recebeu cruzamento na medida e cabeceou livre de marcação à esquerda de João Ricardo. Foi também dessa maneira que Larrondo, dessa vez mais apertado, conseguiu ganhar da zaga catarinense e testou na mesma direção de seu companheiro.

Na última oportunidade criada pelo time do Chile, Larrondo recebeu em velocidade e, cara a cara, chutou para uma excelente defesa com os pés de João Ricardo, garantindo o resultado para a Chape.

Enquanto qualquer vitória dá a classificação para o vencedor, um novo 0 a 0 na Arena Condá leva as penalidades e qualquer resultado de igualdade com gols dá a vaga para a equipe chilena. O jogo em Santa Catarina acontece em 19 de fevereiro.

Mais Esporte