Topo

Palmeiras

Felipe Melo cita PSG e Juventus ao falar sobre favoritismo do Palmeiras

Marcello Zambrana/AGIF
Felipe Melo, do Palmeiras, enfrenta o São Paulo no Morumbi Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

2019-04-25T19:47:44

25/04/2019 19h47

A relação entre os investimentos do Palmeiras e um favoritismo em tudo que disputa também aparece no Peru. Felipe Melo foi questionado sobre a diferença financeira entre o time e o Melgar, adversário de hoje, pela Libertadores, e lembrou da Liga dos Campeões para responder.

"O PSG gasta não sei quantos milhões de euros por ano e não ganhou a Champions League. A Juventus, agora, saiu para o Ajax, uma equipe de meninos... Respeitamos todas as equipes que nos enfrentam. É a máxima do futebol: respeitar", disse o camisa 30.

O Paris Saint-Germain, abastecido há anos por fortunas que o possibilitou contratar Neymar na negociação mais cara do futebol mundial, ficou nas oitavas de final do principal torneio da Europa nas duas últimas temporadas. Já o holandês Ajax, vindo de fases preliminares da atual edição do torneio, está na semifinal após eliminar gigantes como Real Madrid e Juventus.

Na comparação com a América do Sul, Felipe Melo defende um equilíbrio entre todos os participantes da Libertadores, mesmo em relação ao Palmeiras, que depende apenas de um ponto nos dois jogos que faltam para chegar às oitavas de final, e ao Melgar, que será eliminado caso não vença nesta quinta-feira.

"É claro que temos uma boa equipe e vamos tentar mostrar isso outra vez. Mas não é fácil. Na Libertadores, não tem time ruim ou muito bom. Não há muita diferença. Temos de estar concentrados", afirmou o volante.

O jogo está marcada para 23h (horário de Brasília), em Arequipa, e é válido pela quinta e penúltima rodada do Grupo F. O Palmeiras está em segundo na chave, com nove pontos, um abaixo do San Lorenzo, que visita o Junior Barranquilla nesta noite. Um ponto basta para o Verdão avançar às oitavas de final, mas, para continuar com chances de ser líder dependendo só de si, precisa ganhar nesta quinta e, também, derrotar o San Lorenzo no dia 8, no Allianz Parque.