Topo

Futebol


Após 18 anos, Felipão volta a estádio onde se classificou para Copa de 2002

2019-05-21T16:58:57

21/05/2019 16h58

O jogo do Palmeiras contra o Sampaio Corrêa, nesta quarta-feira, é especial para Luiz Felipe Scolari. Não só porque marca a estreia do time na Copa do Brasil, campeonato que o treinador já conquistou quatro vezes, mas por ser no Castelão, estádio em São Luis (MA) no qual o técnico garantiu vaga na Copa do Mundo de 2002, há 18 anos.

Em 14 de novembro de 2001, a Seleção precisava derrotar a Venezuela para se confirmar no Mundial que seria disputado no ano seguinte, na Coreia do Sul e no Japão. Com dois gols de Luizão e um de Rivaldo, os comandados de Felipão venceram por 3 a 0 e fizeram festa com os mais de 60 mil presentes. Assim, foi possível a conquista do penta em 2002.

- Voltar a São Luis me traz ótimas lembranças. Vencemos a Venezuela por 3 a 0, com dois gols de Luizão e um de Rivaldo nas Eliminatórias, e garantimos a nossa classificação. Estávamos formando o grupo que iria a Copa. Guardo estes momento vividos em São Luis com muito carinho. O povo do Maranhão foi muito participativo naquele dia no Castelão - lembrou Scolari.

Agora, São Luis é o pontapé inicial do técnico em um torneio que ele conhece bem. Será a 13ª Copa do Brasil que Felipão disputará - uma com o Criciúma, cinco com o Grêmio e seis com o Palmeiras. Chegou a cinco finais e quatro títulos (Criciúma em 1991, Grêmio em 1994 e Palmeiras em 1998 e 2012). No comando do Verdão, ainda chegou às semifinais em 1999 e 2018.

Felipão trabalhou em 88 partidas da competição, alcançando 67% de aproveitamento (51 vitórias, 25 empates e 12 derrotas. Pelo Palmeiras, são 47 jogos, 27 vitórias, 13 empates e sete derrotas, acumulando também um aproveitamento de 67% dos pontos disputados.

O Palmeiras enfrenta o Sampaio Corrêa às 19h15 desta quarta-feira, no Maranhão, pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A partida de volta está marcada para o dia 30, às 20h, no Allianz Parque.

Mais Futebol