Topo

Basquete


Porzingis, CR7 e Robinho: relembre atletas acusados em escândalos sexuais

Christian Petersen/Getty Images
Imagem: Christian Petersen/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

2019-04-02T12:00:00

02/04/2019 12h00

O caso envolvendo Kristaps Porzingis, acusado de estupro no último final de semana, chocou os fãs da NBA ao redor do mundo. O jogador do Dallas Mavericks teria violentado uma vizinha de condomínio em fevereiro de 2018, quando ainda defendia o New York Knicks.

Além da estrela do basquete nascida na Letônia, outros atletas famosos já enfrentaram problemas na Justiça em razão de motivos semelhantes.

Veja atletas que foram acusados de estupro:

  • Kobe Bryant

    Ídolo dos Lakers, Kobe Bryant foi acusado em 2004 de ter estuprado a funcionária de um hotel. O jogador foi inocentado anos após a acusação.

  • Ben Roethlisberger

    Ben Roethlisberger foi acusado de agressão sexual por duas mulheres diferentes. O quarterback do Pittsburgh Steelers teve uma ação civil movida contra ele em 2009, na qual uma mulher alegou que ele a estuprou em seu quarto de hotel. O caso acabou sendo resolvido fora dos tribunais em janeiro de 2012. Roethlisberger também foi acusado de estupro em março de 2010 por uma estudante. O caso não seguiu na Justiça.

  • Mike Tyson

    Um dos maiores nomes da história do boxe, Tyson foi acusado de estuprar uma das participantes do concurso Miss América. Ele foi condenado a seis anos de prisão e chegou a cumprir metade da pena, mas foi liberado por bom comportamento.

  • Mel Hall

    O ex-jogador da MLB foi condenado a 45 anos de prisão por violentar uma garota de 12 anos em 2009.

  • Cristiano Ronaldo

    Ídolo do Real Madrid e atualmente na Juventus, Cristiano Ronaldo foi acusado de estupro pela modelo Katrhyn Mayorga. O caso ainda não teve uma conclusão.

  • Loic Remy

    O jogador foi acusado de estuprar uma mulher de 34 anos quando atuava pelo Queens Park Rangers. Ele chegou a ser preso, mas foi liberado após pagar fiança.

  • Robinho

    O ex-Santos foi acusado de ter participado de um estupro em uma casa noturna de Milão, na época em que jogava pelo Milan. Ele chegou a ser condenado pela Justiça italiana, mas recorreu e o processo segue em curso.

  • Danilinho

    O meia brasileiro foi acusado quando defendia o Tigres, do México, em 2013. A acusação, no entanto, foi retirada após a suposta vítima, identificada como Debanhi Zuazua Rentería, alegar que foi ameaçada de morte.

  • Marcelinho Paraíba

    Marcelinho Paraíba foi acusado de estupro em 2011, após uma festa de acesso do Sport para a Série A. Ele chegou a ser indiciado, mas a Justiça o liberou após pagamento de multa.

  • Jobson

    O jogador foi acusado em 2016 de estupro de vulneráveis. A festa onde supostamente teria ocorrido o crime aconteceu em uma chácara na cidade de Couto Magalhães, no oeste de Tocantins, onde o atacante morava, perto da divisa com o Pará. Na época, Jobson chegou a ficar 70 dias preso no Tocantins. Após ser liberado, o atleta ainda foi monitorado por meio de uma tornozeleira eletrônica.