Topo

MMA

UFC 215: Dos Anjos luta para manter ascensão rumo ao título dos meio-médios

Suhaimi Abdullah/Getty Images
Imagem: Suhaimi Abdullah/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

09/09/2017 04h00

Rafael dos Anjos se prepara para sua segunda luta na divisão dos meio-médios. Ainda assim, o combate já pode ser visto como uma credencial para disputar o cinturão da nova categoria do UFC em um futuro próximo.

A chance por pouco não aconteceu no UFC 212. Com Demian Maia como dúvida, o matchmaker do Ultimate, Sean Shelby, avisou Dos Anjos de que ele era o “plano B” para enfrentar o campeão Tyron Woodley. Naquele momento, o brasileiro possuía apenas uma luta nos meio-médios, quando venceu Tarec Saffiedine.

Diante de Neil Magny, Dos Anjos terá a chance de não apenas vencer um lutador melhor ranqueado que ele (o norte-americano é o 7º, enquanto o brasileiro é o 10º),  como de mostrar que está preparado para disputar o cinturão da nova categoria.

Do outro lado do octógono, Dos Anjos encontrará um adversário com histórico positivo na divisão dos meio-médios. Desde que perdeu para Demian Maia em agosto de 2015, Magny participou de mais cinco lutas, vencendo quatro e sendo derrotado apenas por Lorenz Larkin, que o nocauteou em agosto de 2016.

Com a saída de Demetrious Johnson do card, o combate entre Dos Anjos e Magny foi promovido ao posto de segunda luta mais importante do UFC 215, que acontece neste sábado (9), em Edmonton (Canadá). O duelo principal da noite será a disputa do cinturão dos galos feminino, entre a brasileira Amanda Nunes e a quirguiz Valentina Shevchenko.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!