Tênis

Brasileiro teve botas de argila como segredo para vencer em Roland Garros

Martial Trezzini/Keystone/AP
Rogerinho, sente o tornozelo direito durante partida contra Stanislas Wawrinka Imagem: Martial Trezzini/Keystone/AP

Lucas Pastore

Do UOL, em São Paulo

29/05/2017 17h34

Para virar sobre Mikhail Youzhny e conseguir a primeira vitória de sua carreira em Roland Garros, Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, precisou superar mais do que o 86º colocado no ranking mundial. Para triunfar na partida, disputada nesta segunda-feira (29), o brasileiro usou botas de argila para lutar contra lesão no tornozelo direito semelhante à que o tirou do último torneio que disputou.

Há pouco mais de uma semana, Rogerinho, 79º colocado no ranking, abandonou jogo contra Stanislas Wawrinka após machucar o tornozelo direito enquanto perdia o primeiro set por 5 a 2. A partida, válida pela segunda rodada do Torneio de Genebra, foi disputada no dia 21/5.

Nesta segunda, no terceiro set do jogo contra Youzhny, Rogerinho voltou a torcer o tornozelo machucado. Depois de ver o oponente abrir 2 a 1, o brasileiro virou o jogo e venceu por 3 a 2, garantindo sua classificação para a segunda rodada. A superação quase o levou às lágrimas após a partida.

Eric Feferberg/AFP
Imagem: Eric Feferberg/AFP

"A primeira coisa que veio na cabeça foi a superação. Veio desde Genebra, então foi muito emocionante, e eu me emocionei um pouco ali depois do jogo. Passa um filme na cabeça, toda a luta que foi para poder jogar, tudo que os brasileiros torceram, minha família aqui também, então foi tudo um conjunto de todas as coisas", contou, ao UOL.

Rogerinho vinha de três eliminações seguidas na primeira rodada nos últimos três anos antes de conquistar a primeira vitória de sua carreira em Roland Garros. Para se recuperar a tempo de ter a chance de obter o triunfo, o tenista se tratou com gelo e com botas de argila para conseguir entrar em quadra.

"Foi um pouco de casa coisa. Desde gelo até um tratamento legal que meu preparador passou, que é a argila, que desinflama bem. Acho que a argila foi o principal fator e o que mais me ajudou nessa recuperação. Faz uma bota de argila durante a noite, dorme com a bota, que ela dá uma ajuda na recuperação da inflamação", relatou.

Na segunda rodada, Rogerinho não vai ter moleza. O tenista vai enfrentar Milos Raonic, quinto colocado no ranking mundial. Apesar dos recorrentes problemas, o brasileiro acredita que o tornozelo não vai ser problema para a partida.

"Estarei 100% sim", projetou.

Mesmo em forma, Rogerinho terá de se superar para vencer Raonic. Como fez nesta segunda.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Esporte
Redação
Redação
Fernando Meligeni
Redação
EFE
EFE
Blog Saque e Voleio
EFE
Revista Tênis
Redação
Revista Tênis
Redação
Revista Tênis
Redação
Redação
Revista Tênis
Revista Tênis
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
EFE
Revista Tênis
Blog Saque e Voleio
Redação
Blog Saque e Voleio
UOL Esporte
Revista Tênis
Redação
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Redação
Redação
Redação
Revista Tênis
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Revista Tênis
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Topo