Tênis

Rogerinho vira e vence após mais de 4h e avança em Roland Garros; Bia perde

Martial Trezzini/Keystone via AP
Imagem: Martial Trezzini/Keystone via AP

Do UOL, em São Paulo

29/05/2017 13h01Atualizada em 29/05/2017 17h33

O tenista Rogério Dutra conseguiu vitória heroica, de virada, nesta segunda-feira, pela primeira rodada de Roland Garros. O paulista de 33 anos derrotou o russo Mikhail Youzhny, por 3 sets a 2 (4-6, 7-6,2-6,7-6 e 6-2) após 4h11min de jogo.

Rogerinho perdia por 2 sets a 1 e com desvantagem de 2 games a 0 no quarto set, mas conseguiu reverter o placar desfavorável. Foi a primeira vitória do brasileiro em Roland Garros na sua carreira - ele vinha de três eliminações seguidas na primeira rodada nos últimos três anos.

O adversário de Rogerinho na próxima rodada é Milos Raonic, número 5 do ranking mundial.

Número 78 do ranking, Rogerinho entrou em quadra nesta segunda dias após se recuperar de torção no tornozelo direito.

Na quarta-feira, ele abandonou partida contra o suíço Stan Wawrinka, pela segunda rodada do ATP 250, em Genebra. O jogo apontava vitória parcial de Wawrinka por 5 a 2, no set inicial.

Nesta segunda, Rogerinho e Youzhny travaram jogo parelho. O russo se deu melhor nas subidas a redes, com aproveitamento de 94% nos dois primeiros sets (15 acertos em 16 tentativas). Já o brasileiro pecou no fundamento (apenas 44% de aproveitamento nos dois primeiros sets).

Derrotado no 1º set, Rogerinho conseguiu incrível reação no 2º set. Ele estava perdendo por 4 games a 1, mas levou o set para o tie break, vencendo por 7 a 5.

No 3º set, Rogerinho começou fazendo 1 a 0, mas Youzhny virou o set, fechando em 6 a 2. No 4º set, o russo abriu 2 games a 0, mas Rogerinho se recuperou e o set foi para o tie break novamente. O tenista brasileiro fez 7 a 4, levando a decisão para o set final.

No último set, Rogerinho saiu na frente com 2 a 0 e administrou a vantagem até o fim, com 6 a 2.

Bia Haddad rouba set, mas é derrotada

Pascal Rossignol/Reuters
Imagem: Pascal Rossignol/Reuters

Na véspera de seu aniversário de 21 anos, Bia Haddad foi derrotada por Elena Vesnina pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 6/4, em jogo válido pela primeira rodada de Roland Garros, disputado nesta segunda-feira (29). A partida foi a primeira da tenista brasileira em um Grand Slam – ela furou o qualifying antes de enfrentar a russa, 15ª colocada no ranking mundial e cabeça de chave número 14 do torneio.

Bia começou sendo quebrada por Vesnina logo no primeiro game. A brasileira chegou a abrir 30 a 0 na quarta parcial, ficando perto de pontuar no serviço da adversária, mas não conseguiu. A russa ainda obteve mais uma quebra e fechou o primeiro set com 6/2.

Confirmado seus dois primeiros serviços do segundo set e conseguindo uma quebra, Bia abriu 3 a 0 e conseguiu sua primeira liderança da partida. O bom início de parcial da brasileira virou até destaque em um dos perfis oficiais da WTA no Twitter.

Bia teve seis chances de abrir 4 a 0, mas viu Vesnina conseguir vencer o quarto game. A brasileira ainda sofreu uma quebra, mas devolveu na mesma moeda, interrompendo a reação da russa e vencendo a parcial por 6/3.

No terceiro set, Bia foi quebrada no quarto game, o que permitiu a Vesnina abrir 4 a 1 ao confirmar seu serviço. Apesar de ter mostrado personalidade e de ter conseguido duas quebras, a brasileira não foi páreo para a número 15 do mundo, que fechou a parcial em 6/4 e garantiu a vitória.

Durante o jogo, o barulho que Vesnina fazia ao bater na bola arrancou brincadeiras por se parecer com "Maia", outro sobrenome de Bia Haddad.

"Comecei um pouco nervosa, ansiosa, a menina estava melhor do que eu. Eu só fui me soltar no final do primeiro set, entrei no jogo, consegui mexer ela, que era o meu objetivo, e acabei ganhando o segundo set. No terceiro, ela começou muito bem, isso acabou fazendo a diferença para ela abrir a vantagem do início. Eu ainda lutei, fiquei no jogo e foi uma pena... Eu não consegui usar bem o primeiro saque, isso me fez ficar muito a mercê no set", avaliou Bia, após a partida.

Na segunda rodada, Vesnina vai enfrentar a americana Varvara Lepchenko, que estreou com vitória sobre a alemã Andrea Petkovic por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3.

A derrota para Vesnina encerrou o melhor mês da carreira de Bia. Em maio, a tenista venceu Samantha Stosur, então 19ª colocada no ranking profissional, pelo Torneio de Praga, encerrando tabu de 28 anos, e se tornou a oitava brasileira da história a aparecer no top 100 da WTA.

A classificação para a chave principal de Roland Garros, também conquistada no mês, levou Bia a disputar um Grand Slam pela primeira vez na carreira e concluir sua volta por cima após uma série de lesões. Enquanto se recuperava, a tenista usou o otimismo e a meditação como trunfos para atingir seu nível mais alto até aqui.

Vale lembrar que Bia já tem vaga garantida na chave principal de Wimbledon sem precisar passar pelo qualifying.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

EFE
Revista Tênis
Redação
Revista Tênis
Redação
Revista Tênis
Redação
Redação
Revista Tênis
Revista Tênis
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
EFE
Revista Tênis
Blog Saque e Voleio
Redação
Blog Saque e Voleio
UOL Esporte
Revista Tênis
Redação
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Redação
Redação
Redação
Revista Tênis
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Revista Tênis
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
EFE
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
UOL Esporte
Redação
Redação
Topo