Topo

Esporte

Senegal suspende todas as competições esportivas após mortes em estádio

AFP PHOTO / SEYLLOU ORG
Queda de muro no estádio Demba Diop deixou ao menos oito mortos Imagem: AFP PHOTO / SEYLLOU ORG

16/07/2017 15h57

O governo senegalês decidiu, neste domingo (16), suspender todas as manifestações esportivas e culturais até a realização de eleições no final deste mês.

O anúncio foi feito horas depois de uma confusão no estádio de futebol Demba Diop, no Dacar, que terminou em oito mortos e pelo menos 88 feridos, de acordo com números oficiais.

O incidente teve início com brigas entre torcedores após a partida pela final da Copa da Liga Senegalesa de Futebol.

"Todas as atividades esportivas e culturais ficam proibidas em todo o território nacional pelo resto da campanha eleitoral", informou o porta-voz do primeiro-ministro Suydou Gueye.

O porta-voz acrescentou que foi aberta uma investigação judicial para determinar as causas da tragédia ocorrida no sábado e determinar seus responsáveis.

Um muro veio abaixo no momento em que um grupo de torcedores tentava sair do estádio depois do jogo entre o Ouakam e o Stade de Mbourn. Parte das estruturas entrou em colapso e gerou uma onda de pânico.

Ao final da prorrogação, houve troca de agressões e lançamento de objetos. O placar da partida estava em 2 a 1 para o Stade de Mbour.

A polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar os torcedores, em um estádio lotado.

Esse país africano realiza eleições legislativas em 30 de julho próximo, em um cenário de grande tensão, com o líder da oposição e prefeito de Dacar, Khalifa Sall, fazendo campanha da prisão.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte