Topo

MMA


Dana analisa futuro de Jon Jones no Ultimate: "Precisa se manter limpo"

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Jon Jones e Alexander Gustafsson se enfrentam na luta principal do UFC 232 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Diego Ribas, em Inglewood (EUA)

Ag. Fight

2018-12-31T10:33:21

31/12/2018 10h33

Que Jon Jones é um dos atletas mais geniais da história do MMA ninguém tem dúvidas. No entanto, as polêmicas que o americano se envolve fora dos octógonos afetam diretamente na carreira do atleta. Prova disso foi a declaração de Dana White no último sábado (29) após o UFC 232, em Inglewood (EUA). O presidente do Ultimate foi cauteloso ao falar sobre o futuro do lutador na organização, mesmo após 'Bones' ter reconquistado o cinturão dos meio-pesados (93 kg).

Durante a coletiva de imprensa, Dana relembrou o mais recente caso de doping de Jones - que inclusive motivou o show a ser transferido de sede às vésperas. O chefão do UFC deixou claro que o campeão precisa se manter afastado de novas polêmicas caso pretenda ter uma vida útil duradoura na organização.

"A grande questão que envolve Jones é essa: ele veio para essa luta, o combate tinha que acontecer, ele não testou positivo para PED, já falamos sobre essa m... toda semana passada e sabemos disso. Mas agora o que tem que acontecer é: Jon Jones tem que passar pelo teste da Comissão Atlética do Estado da Califórnia, de cabeça não sei se eles testam também para drogas recreativas, qual é o esquema. Mas Jones precisa se manter limpo, fora de problemas, se manter na academia. Adoraria mantê-lo ocupado esse ano", projetou White.

O assunto parece mesmo mexer com o cartola da maior liga de MMA do mundo, uma vez que - em tom irônico - Dana afirmou que se mataria caso Jones testasse positivo novamente. White apontou também que o americano necessita passar nos demais testes relacionados ao show de número 232, que costumam ser mais rigorosos que os demais, pois são realizados em época de competição.

"Tem testes de doping na hora da luta também, hoje provavelmente. Então ele tem que passar nesses testes também. A diferença é que quando você está competindo, eles normalmente te testam com drogas recreativas também: maconha, cocaína, essas coisas. O futuro de Jon Jones depende do resultado de diferentes testes de doping, ele precisa se manter passando nos testes, se manter limpo, focado nos treinos, para poder dar uma reviravolta em sua vida. Eu vou me matar (se ele não passar no teste de doping do UFC 232).... Se ele conseguir acertar sua vida pessoal, quem sabe o que ele pode conquistar? Ninguém sabe o que ele seria capaz de fazer", declarou Dana.

Com a segunda vitória na carreira sobre Alexander Gustafsson, Jones se sagrou campeão dos meio-pesados do UFC pela terceira vez em sua trejetória no MMA. Aos 31 anos, Bones soma 23 triunfos, uma derrota e um 'no contest' (luta sem resultado) em seu cartel como profissional.