Topo

Esporte

Casas de apostas britânicas limitarão publicidade em eventos esportivos

Patrick Smith/AFP
Única exceção feita foi às corridas de cavalos, uma vez que apostas são consideradas vitais para a modalidade Imagem: Patrick Smith/AFP

Da EFE, em Londres

06/12/2018 14h43

As casas de apostas do Reino Unido entraram em acordo para não exibir mais publicidade durante eventos esportivos ao vivo, conforme divulgou a Remote Gambling Asociation (RGA), que reúne algumas das empresas locais mais importantes, como Bet365, Ladbrokes e Paddy Power.

O objetivo da decisão, que ainda deverá ser confirmada pelo órgão que regulamenta o setor do jogo de azar, é reduzir o impacto e a penetração desta modalidade na sociedad. A proposta é similar a que foi feita recentemente pelo Partido Trabalhista.

A ideia é que a restrição da publicidade entre em vigor no fim do mês ou até o início de janeiro, sendo válida para todos os eventos que comecem antes de 21h locais.

Leia também:

As corridas de cavalo, no entanto, ficaram fora da medida, pois, se considerou que as apostas são vitais para a viabilidade do esporte, conforme veiculou nesta quinta-feira (6) a emissora britânica BBC.

Durante a transmissão da Copa do Mundo deste ano, na Rússia, as televisões britânicas emitiram mais de 90 minutos de anúncios relacionados a apostas, aponta levantamento.

No Reino Unido, a estimativa é que, aproximadamente, 430 mil pessoas sofrem com transtornos ligados a apostas.

Mais Esporte