Topo

Esporte


Casemiro "pede" que não pressionem Vinicius Jr e apoia Marcelo após reserva

Susana Vera/Reuters
Casemiro comemora primeiro gol do Real Madrid sobre o Atlético Imagem: Susana Vera/Reuters

09/02/2019 18h03

 Se a vitória do Real Madrid neste sábado (9) foi bastante positiva para Casemiro (autor do primeiro gol) e Vinicius Junior (principal nome da partida), o mesmo não pode ser dito para Marcelo. O lateral esquerdo ficou no banco de reservas por opção de Santiago Solari e apenas assistiu ao triunfo sobre o rival Atlético de Madri por 3 a 1, pelo Campeonato Espanhol.

LEIA MAIS:
- Vinicius Jr. se destaca, Casemiro marca e Real vence 5ª seguida no Espanhol
- Vinicius Jr. celebra vitória no dérbi e recebe elogios do técnico do Real
- Gareth Bale comemora marca de 100 gols com a camisa do Real Madrid

Após o duelo, o volante brasileiro falou sobre seus dois compatriotas: primeiro, elogiou e pediu calma em relação a Vinicius; depois, fez questão de sair em apoio a Marcelo, um dos principais nomes do elenco merengue.

"Ele (Vinicius Junior) já mostrou que é um grande jogador, que pode ser um grande jogador do Real Madrid, mas não podemos jogar muita pressão sobre ele. Ele tem 18 anos, é jovem e já provou que é importantíssimo", disse o volante sobre o camisa 28.

Em seguida, falou sobre Marcelo, o melhor do mundo na posição para ele. "Contamos com ele (Marcelo). É opinião do treinador, vocês devem perguntar sobre isso a ele. Mas, para mim, ele continua sendo o melhor lateral esquerdo do mundo", afirmou.

Casemiro abriu o placar em um bonito voleio após escanteio cobrado na área. Sergio Ramos ganhou no alto dos adversários e, na sobra, o brasileiro emendou para o fundo das redes.

"Foi uma partida muito completa de todo o time, muito intensa, um clássico como sempre de muita intensidade, muito contato e trabalho das duas equipes. É preciso valorizar essa vitória porque não é fácil ganhar aqui por 3 a 1. Eles têm uma equipe que defende muito, que sabe jogar e um treinador com muita experiência", resumiu o brasileiro, autor de um dos gols na vitória."No escanteio anterior eu tinha ficado um pouco para trás, imaginei que a bola iria para lá e eles sabiam que Ramos é potente. Quatro subiram com ele e a bola sobrou. Estou muito feliz", disse.

"Aprendi com os melhores, com Karim (Benzema), com Vinicíus (Júnior), com (Gareth) Bale. Por isso eu marquei", completou o jogador sobre o oportunismo no gol.

Mais Esporte