Topo

Esporte

Halo é principal novidade nos carros da GP3, que muda de nome em 2019

FIA Formula 3/Divulgação
Em 2019, GP3 se une à Fórmula 3 europeia para a criação da Fórmula 3, degrau de acesso à Fórmula 2 Imagem: FIA Formula 3/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

23/11/2018 13h45

A Fórmula 3 apresentou nesta sexta-feira, em Abu Dhabi, os chassis que irá utilizar na temporada 2019, a primeira da categoria. E a principal novidade dos novos carros é a presença do halo, estrutura sobre o cockpit que tem como intenção proteger a cabeça do piloto.

A novidade foi introduzida em 2018 na Fórmula 1 e Fórmula 2. Os novos chassis da Fórmula E também adotarão o aparato no chassi da temporada 2018/2019.

Leia também:

A Fórmula 3 é o novo nome da GP3, que se fundirá à Fórmula 3 europeia em 2019 para dar origem a uma nova categoria de acesso à Fórmula 1. O novo nome tende a deixar mais claro o caminho de acesso à elite do automobilismo mundial, passando por Fórmula 3 e Fórmula 2 (que abandonou o nome GP2 no fim de 2016).

FIA Formula 3/Divulgação
Segundo Charlei Whiting, novo chassi conta com o que há de mais moderno em padrões de segurança Imagem: FIA Formula 3/Divulgação
Os carros da nova Fórmula 3 contarão com pneus Pirelli e motores Mecachrome naturalmente aspirados de 3,4 litros e seis cilindros. Segundo comunicado oficial da categoria, a aerodinâmica dos carros “foi otimizada para facilitar as ultrapassagens”. O novo chassi passou com sucesso por um shakedown em 11 de outubro, na França, mas será submetido a mais testes até o fim do ano. Em janeiro, as equipes terão acesso aos carros.

Na apresentação do carro em Abu Dhabi, o diretor de Fórmula 1 da FIA, Charlie Whiting, comemorou o “último passo no processo de aproximação” da categoria à plataforma da F1 e da Fórmula 2. Para ele, “é um importante objetivo para a FIA”.

“Este carro, mais poderoso e espetacular que seus antecessores, irá incluir os mais atuais padrões de segurança para monopostos”, prometeu Whiting. “A Fórmula 3 tem uma grande e rica história, e vê-la fazer parte dos finais de semana regulares de Grandes Prêmio é o começo de um empolgante novo capítulo", completou.

Mais Esporte