Williams confirma Bruno Senna e pode antecipar aposentadoria de Barrichello

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Bruno Senna posa oficialmente como novo piloto da Williams para a temporada 2012

    Bruno Senna posa oficialmente como novo piloto da Williams para a temporada 2012

A Williams finalmente confirmou, nesta terça-feira, que Bruno Senna será seu piloto na temporada 2012 da Fórmula 1. Por meio de seu Twitter, a escuderia anunciou o fim da negociação que se arrastava há meses e pode ter antecipado o fim da carreira de Rubens Barrichello na categoria. 

Senna e Barrichello brigavam pela vaga há meses com o alemão Adrian Suttil, que também sonhava com um dos últimos bons espaços vagos na Fórmula 1. Com o um valor de patrocínio maior, que inclui o bilionário Eike Batista, Bruno Senna acabou ganhando a concorrência e vai correr ao lado de Pastor Maldonado em 2012. 

Pelo Twitter, Rubens Barrichello deu os parabéns ao amigo e foi enigmático quanto ao seu futuro. "Fala galera. Pois é, não estarei guiando o carro da Williams este ano. Desejo ao meu amigo Bruno Senna muita sorte. O futuro está em aberto", resumiu o piloto, recordista de GP's disputados na Fórmula 1. 

COMENTÁRIO DO INTERNAUTA

Espero que o Bruno tenha um pouco do sangue do Ayrton correndo em suas veias, porque só nome não ganha corrida

socram1212, nos comentários UOL

Sem espaço na Williams, Barrichello tem apenas uma vaga possível para se manter na categoria: a da Hispania, que tem um nível bem pior como as demais concorrentes e está ameaçada de sequer começar a temporada por falta de dinheiro. Neste ano, o brasileiro que foi vice-campeão pela Ferrari em 2002 e 2004, completaria 20 anos na Fórmula 1 e pretendia aumentar ainda mais o recorde de GP's disputados, que já é dele com 326. 

Por outro lado, Bruno Senna, como não poderia deixar de ser, se mostrou animado. "Vai ser muito interessante dirigir para um time no qual o meu tio já esteve, principalmente porque tem pessoas aqui que chegaram a trabalhar com ele. Espero que a gente possa trazer algumas memórias e também criar boas notícias", disse o piloto. 

OPINIÃO DO ESPECIALISTA

Resta uma vaga na Hispania. Mas que Barrichello não cometa mais esse erro na carreira.

"As circunstâncias das duas primeiras temporadas de Bruno na Fórmula 1 não deram a ele a oportunidade ideal de trabalhar com consistência, então é fundamental que a gente gaste muito tempo com ele para que seja possível entendê-lo e avaliá-lo como piloto", disse Frank Williams, dono da escuderia. 

Bruno Senna começou tarde no automobilismo e passou pela Fórmula 3 e pela GP2. Em 2009, ele brigou com Rubens Barrichello por uma vaga na antiga Honda (que viraria Brawn por conta da crise) e acabou perdendo a disputa. Sua estreia na Fórmula 1 só aconteceu em 2010, pela fraca Hispania. Em um ano, passou muito tempo na parte de trás do grid e não chamou atenção de muita gente. 

No ano passado, ele teve sua primeira grande chance ao fechar com a Renault para ser o substituto do alemão Nick Heidfeld nas últimas corridas da temporada. Senna alternou bons e maus GP's e acabou perdendo a briga por uma vaga para Romain Grosjean, que correrá ao lado de Kimi Raikkonen. Em compensação, terá a chance de brigar no meio do grid com a Williams, que não tem uma preferência tão clara por Pastor Maldonado, seu companheiro de equipe. 

 

SENNA FALA DA EMOÇÃO EM CHEGADA À WILLIAMS

Bruno Senna
Bruno Senna


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos