Topo

Fórmula 1


Massa é atingido e abandona na 1ª curva; Rosberg vence GP da Austrália

Do UOL, em São Paulo

16/03/2014 04h43

A esperada estreia de Felipe Massa na Williams durou apenas uma curva. O piloto brasileiro foi atingido por uma descontrolada Caterham, de Kamui Kobayashi, segundos após a largada. A forte trombada fez com que os dois deixassem a prova da Austrália. O 1º GP do ano foi vencido por Nico Rosberg, da Mercedes.

Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Kevin Magnussen, da McLaren, completaram o pódio, em 2º e 3º lugares, respectivamente. Mas Ricciardo foi eliminado da prova. A FIA concluiu que o carro do australiano estava com fluxo de combustível acima do permitido. Com isso, Button ficou com a 3º posição, Alonso foi o 4º e Bottas o 5º.

Massa largou em 9º, percorreu a reta inicial e se preparava para o contorno da 1ª curva. Foi quando Kobayashi veio de trás e demorou a frear, acertando em cheio a Williams do brasileiro.  

“Porrada na traseira é perigoso. Uma pena porque o carro estava bom e tudo acabou na primeira curva. Vamos ver a próxima. É difícil achar palavra. Não tem o que falar”, lamentou Massa à Rede Globo.

“Ele não usou a cabeça”, esbravejou o brasileiro.

O japonês usou a rede social para pedir desculpas a Massa. A FIA inocentou Kobayashi, informando que o erro ocorreu por problemas técnicos da Caterham. Curiosamente, Massa e Kobayashi se cumprimentaram com largo sorriso antes da prova, já na pista. Os dois são amigos.

O abandono prematuro de Massa amplia o histórico negativo do piloto na Austrália. Nas 12 vezes em que correu em solo australiano, Massa conseguiu apenas um pódio (3º lugar em 2010), e coleciona quatro saídas por acidentes.

A largada foi abortada devido a um problema mecânico na Marussia de Jules Bianchi. Os carros tiveram de dar uma nova volta de aquecimento, além da de apresentação. Quando foi dado o sinal verde, Nico Rosberg deixou Ricciardo e Hamilton para trás e pulou para a liderança.

O alemão da Mercedes não precisou de muito tempo para abrir boa vantagem sobre os concorrentes.

O GP da Austrália acabou cedo também para Sebastian Vettel e Lewis Hamilton. Os dois campeões tiveram de abandonar por problemas no motor e não completaram seis voltas.

Ao contrário do que ocorreu no treino oficial, a chuva não apareceu no circuito de Albert Park. O piso seco possibilitou melhor acerto dos novos carros após profundas mudanças no regulamento para a temporada.

Agora os carros consomem menos combustível. A potência do motor diminuiu.  

O pelotão de frente era praticamente todo ele composto por equipes com motores Mercedes. A exceção era Ricciardo, da Red Bull, que permanecia na 2ªcolocação.

Estreante na categoria, Kevin Magnussen, da McLaren, mostrou desenvoltura, logo atrás de Rosberg e Ricciardo.

Os pilotos da Ferrari, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen, seguiam na zona de pontuação, sem ameaçar os primeiros colocados.

A quatro voltas do fim em Melbourne, Magnussen se aproximou de Ricciardo em busca da segunda colocação, mas o australiano conseguiu manter a posição, para delírio da torcida local.

Hulkenberg foi o 7º colocado, seguido, em ordem, por Raikkonen, Vergne, Kvyat, Perez, Sutil, Gutierrez, Chilton e Bianchi.

$escape.getHash()uolbr_quizEmbed($escape.getQ()http://esporte.uol.com.br/quiz/2014/03/14/qual-piloto-de-f1-voce-seria-responda-ao-quiz-e-veja-com-quem-se-parece.htm$escape.getQ())

Confira a classificação final do GP da Austrália

 1.  Nico Rosberg       Mercedes              1h32m58s710

 2.  Daniel Ricciardo   Red Bull-Renault          +24s525 (foi eliminado)

 3.  Kevin Magnussen    McLaren-Mercedes          +26s777

 4.  Jenson Button      McLaren-Mercedes          +30s027

 5.  Fernando Alonso    Ferrari                   +35s284

 6.  Valtteri Bottas    Williams-Mercedes         +47s639

 7.  Nico Hulkenberg    Force India-Mercedes      +50s718s

 8.  Kimi Raikkonen     Ferrari                   +57s675

 9.  Jean-Eric Vergne   Toro Rosso-Renault      +1m00s441

10.  Daniil Kvyat       Toro Rosso-Renault      +1m03s585

11.  Sergio Perez       Force India-Mercedes    +1m25s916

12.  Adrian Sutil       Sauber-Ferrari              +1 volta

13.  Esteban Gutierrez  Sauber-Ferrari              +1 volta

14.  Max Chilton        Marussia-Ferrari           +2 voltas

15.  Jules Bianchi      Marussia-Ferrari           +8 voltas*

* Não classificado