Inter cede empate ao Ceará e perde chance de encostar no Palmeiras

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional perdeu a chance de diminuir a distância em relação ao Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (11), o time gaúcho saiu na frente e cedeu empate ao Ceará no Castelão ainda no primeiro tempo. A atuação colorada teve vacilos, mas deixou a impressão de que poderia render vitória. No fim, o placar de 1 a 1 tem um quê de frustração.

A frustração é, também, pelo resultado entre Atlético-MG e Palmeiras. Com o empate em Belo Horizonte, o Inter poderia derrubar a diferença para três pontos.

O Inter soma 62 pontos e o Palmeiras 67. A diferença segue a mesma pela terceira rodada seguida. Já o Ceará chegou aos 38 pontos e perdeu a chance de se afastar um pouco mais da zona do rebaixamento do Brasileirão.

Na próxima rodada, o Internacional recebe o América-MG e o Ceará visita o Bahia. A partida dos gaúchos é na quinta-feira, às 21h (Brasília). A equipe de Lisca joga na quarta, às 21h.

Quem foi bem: Ricardinho e Leandro Damião

Meia do Ceará quase fez um belo gol, em chute de fora da área que Lomba salvou, e marcou antes do intervalo. Centroavante do Inter, deu profundidade enquanto teve fôlego e abriu o placar na base da insistência após boa movimentação.

Quem foi mal: Everson e Cuesta

Goleiro do Ceará deu rebote para dentro da área no lance em que o Inter fez gol. Durante a partida, ainda mostrou insegurança em bolas de média e longa distância. Já o zagueiro do time gaúcho abusou das invertidas de lado e em uma delas deu a bola nos pés de Calyson. No fim do lance, gol dos mandantes.

Ceará faz blitz, mas consegue gol só perto do intervalo

O Ceará começou o jogo na pressão, mas não conseguiu marcar por falta de pontaria. Depois da blitz inicial, os donos da casa tiveram dificuldade para chegar à frente e deram espaços ao tentarem algo diferente na fase ofensiva. Com a defesa exposta, a equipe cearense passou por apuros e contou com a sorte para não levar mais gols na etapa inicial. O gol de empate, marcado por Ricardinho, saiu perto do intervalo graças ao erro de saída de bola do Inter.

Inter sai na frente e sucumbe em próprios erros

As voltas de Rodrigo Dourado e Edenilson ajudaram o Inter a controlar o jogo no meio-campo, mas a atuação não foi consistente como já aconteceu outras vezes no Brasileirão. O gol de Damião saiu após erro de Everson e insistência, na sequência houve chance para ampliar se aproveitando das brechas deixadas pelo Ceará. Faltou contundência. E na defesa, sobraram erros. O preço foi pago com o empate sofrido ainda no primeiro tempo.

D'Alessandro se descontrola e fala em ameaça da arbitragem

O time do Inter teve um lapso de descontrole durante o primeiro tempo. E o Ceará nem havia empatado ainda. Após marcação de escanteio contra o time gaúcho, vários jogadores se mostraram irritados. D'Alessandro foi um dos mais exaltados e foi advertido com amarelo. Na sequência, o camisa 10 foi até a linha lateral e afirmou que o árbitro Dewson de Freitas fez ameaças. No intervalo, o argentino passou ao lado de Leandro Damião e pediu ao colega para relatar o caso em entrevista ao PFC. O episódio não foi detalhado.

Inter tenta a vitória até o final

No segundo tempo, o jogo seguiu aberto e com erros dos dois lados. O Internacional seguiu em busca da vitória e as mudanças de Odair Hellmann deixaram isso claro. O treinador lançou mão de Wellington Silva, William Pottker e Rossi no decorrer da etapa final. As chances foram criadas, mas nenhuma verdadeiramente clara.

Ceará se segura e tenta bola longa

Mesmo em casa, o Ceará mudou a estratégia para a segunda parte do duelo com o Inter. A equipe de Lisca investiu mais na bola longa para ganhar velocidade em seus ataques. Arthur seguiu fazendo o pivô, mas faltou parceria à frente para acossar a defesa colorada.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 1 X 1 INTERNACIONAL

Data e hora: 11/11/2018 (Domingo), às 17h (Brasília)
Local: estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Dewson de Freitas (PA)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho (GO) e Heronildo Freitas da Silva (PA)
Cartões amarelos: Samuel Xavier (CEA); Emerson Santos, D'Alessandro, Fabiano, Rodrigo Dourado (INT);
Gols: Leandro Damião, aos 15 minutos do primeiro tempo (INT); Ricardinho, aos 42 minutos do primeiro tempo (CEA)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Fabiano, Emerson Santos, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick (Rossi), D'Alessandro (Wellington Silva) e Nico López; Leandro Damião (William Pottker)
Técnico: Odair Hellmann

CEARÁ: Everson, Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves, Felipe Jonatan; Edinho (Juninho), Richardson; Leandro Carvalho, Ricardinho (Eder Luis), Calyson (Cardona); Arthur
Técnico: Lisca

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos