Corinthians perde para Cruzeiro e vê risco de rebaixamento aumentar

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians ficou devendo futebol nesta quarta-feira (14), perdeu do Cruzeiro por 1 a 0 e ligou o alerta vermelho no Campeonato Brasileiro. David fez o gol celeste que coloca o time alvinegro em situação delicada, com risco de entrar na zona de rebaixamento na próxima rodada.

Com 40 pontos, o Corinthians é puxado de vez para a luta contra o descenso. No sábado (17), tem duelo direto na Arena contra o Vasco da Gama, que tem 39 pontos e é uma das equipes que estão entre o time do Parque São Jorge e a zona de rebaixamento. Sport (38) e Ceará (38) também estão ali, enquanto a Chapecoense (37, e um jogo a menos) abre o Z-4. O Cruzeiro, por sua vez, segue cumprindo tabela ao visitar o São Paulo, no domingo (18): tranquilo desde o título da Copa do Brasil, o time mineiro tem 49 pontos no sexto lugar.

Foi bem: Fábio faz grandes defesas

O experiente goleiro do Cruzeiro voltou a se destacar e salvar o time mineiro. No segundo tempo, depois de uma etapa inicial sem sustos, o arqueiro evitou quatro gols. No primeiro, espalmou uma bola cabeceada por Danilo Avelar. Em seguida, desviou um chute de Thiaguinho — a bola, depois, explodiu no travessão. Por fim, o jogador cruzeirense fez defesas em conclusões de Jadson e Mateus Vital. 

Foi mal: Douglas erra e ainda é expulso

O volante voltou de lesão da pior forma possível: bateu cabeça com Danilo Avelar no lance que originou o gol cruzeirense e depois acabou expulso ao levar dois cartões amarelos em lances seguidos. Primeiro deu entrada dura no meio-campo, depois matou contra-ataque de Fred. Além disso, já havia tido grandes dificuldades para fechar espaços na frente da área enquanto esteve em campo — a exemplo do Corinthians como um todo.

Corinthians não se encontra em campo

Marcelo Alvarenga/AGIF
Faltou um pouco de tudo na atuação corintiana no Mineirão. O time marcou sempre atrasado, com linhas bagunçadas; mesmo quando preencheu os espaços, mal conseguiu desarmes. A saída de bola estabanada custou caro, e a expulsão de Douglas antes do intervalo comprometeu ainda mais.

Cruzeiro joga com inteligência

Marcelo Alvarenga/AGIF
O time da casa teve um primeiro tempo morno, mas suficiente para abrir vantagem em um dos vários erros do Corinthians. O esquema com dois atacantes, Fred e David, deu certo. Com a vantagem, o Cruzeiro usou a cabeça: esfriou tudo o quanto pôde, armou contra-ataques e segurou a bola no ataque para diminuir o ânimo adversário.

Cássio salva duas vezes, mas não adianta

Bem melhor no início da partida, o Cruzeiro jogou nos espaços deixados pelo Corinthians e quase abriu o placar em dois ataques rápidos, com Robinho e David (veja a segunda defesa acima). Cássio conseguiu duas boas defesas, mas não teve o que fazer na terceira. Danilo Avelar e Douglas dividiram entre si, e a bola espirrou para Fred, que serviu David para o 1 a 0.

Corinthians se lança e corre riscos

A vantagem deixou o Cruzeiro em cenário cômodo, pois o Corinthians não agredia apesar da maior posse de bola. No primeiro tempo inteiro houve apenas um arremate ao gol de Fábio, um cabeceio fraco de Avelar. No mais, só bola aérea sem muita estratégia e pouquíssimos passes efetivos. Em resposta, o time da casa esfriou o jogo e armou um único contra-ataque perigoso, no qual Robinho parou em nova defesa de Cássio. Aí Douglas foi expulso, e o jogo mudou totalmente depois do intervalo.

Com um a menos, Corinthians vive tudo ou nada

A exemplo do clássico contra o São Paulo, no sábado (10), o Corinthians teve suas melhores chances após perder um jogador. De tanto insistir nos cruzamentos, quase empatou com Danilo Avelar após boa jogada de Pedrinho. Em jogada parecida, o lateral foi ao fundo e viu chute de Thiaguinho ser desviado por Fábio e acertar o travessão. Foi o melhor momento corintiano no jogo, quando a inferioridade numérica parecia mero detalhe.

Cruzeiro troca passes e mata o tempo

Pedro Vale/AGIF
A pressa foi toda corintiana durante o segundo tempo. Quando teve a bola em seus pés, o Cruzeiro pensou cada passe, trabalhou cada jogada, girando de um lado a outro e enervando o adversário. Mas também levou perigo: um cruzamento de Ezequiel só não entrou porque o corte de Léo Santos explodiu nas costas de David. Na reta final, o Corinthians foi perdendo forças e acabou acertando cada vez menos.

Ficha Técnica

Cruzeiro 1 x 0 Corinthians

Data: 14 de novembro de 2018
Local: Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão), Belo Horizonte-MG
Hora: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Lucio Beiersdorf Flor (ambos do RS)
Cartões Amarelos: Robinho, Fred (Cruzeiro); Douglas, Romero (Corinthians)
Cartão Vermelho: Douglas (Corinthians)

Gol: David, aos 13 minutos do primeiro tempo.

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Manoel, Léo e Egídio; Lucas Romero, Lucas Silva, Robinho (Ariel Cabral) e Mancuello (Patrick); David (Raniel) e Fred. Treinador: Sidnei Lobo.

Corinthians: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Douglas, Jadson (Mateus Vital), Pedrinho (Clayson) e Romero; Danilo (Thiaguinho). Treinador: Jair Ventura.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos